Destaque Novidades

Volkswagen Polo Track confirmado: vem aí um SUV ou um Polo Cross?

Sindicato dos metalúrgicos de Taubaté confirmou que um inédito derivado do Volkswagen Polo será lançado em breve
Volskwagen Polo MSI (divulgação)

Em meio a tempos de incertezas, congelamento de investimentos por conta da pandemia e até alguns projetos cancelados, a Volkswagen teve parte de seus planos futuros revelados. O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau) confirmou que a marca alemã lançará o inédito Polo Track e que ele será produzido na fábrica do interior paulista.

Pouco ainda se sabe sobre esse inédito Polo Track, mas existem alguns rumos para ele. O mais cotado, em virtude do nome, é uma versão aventureira do hatch compacto nos moldes do que já foi feito com Fox Track, Gol Track e up! Track.

Seria uma alternativa de custo mais baixo ao Nivus, podendo servir como intermediário dentro da linha Polo. Como o foco da linha Track sempre foi custo mais baixo, provavelmente o motor TSI ficaria de fora. Caso isso aconteça, é um retorno da VW ao mercado que já foi do CrossFox, além disso, serviria para brigar com o Fiat Argo Trekking, que tem feito muito sucesso.

Outra possibilidade é que esse Polo Track será uma versão mais barata do hatch compacto para enterrar de vez Gol, Fox e up!. Essa versão seria menos equipada e com custos mais baixos em relação ao Polo MPI de entrada. Podendo, até mesmo, manter o visual atual, enquanto as demais versões serão reestilizadas.

Na mesma pegada do Chevrolet Joy, esse Polo Track deixaria a VW tranquila, já que o trio Gol, Fox e up! terá de se aposentar até 2022 por conta da obrigatoriedade de instalação de controle de tração e estabilidade. É até possível a instalação do equipamento em todos eles, mas o próprio sindicato já havia indicado que eles morreriam antes disso.

A terceira probabilidade é que esse seja o nome do novo SUV subcompacto da Volkswagen. Há tempos o nome T-Track circula na mídia como batismo do novo modelo de entrada da marca. Ele seria uma espécie de Taigun reavivado, mas com plataforma MQB-A0 do Polo, não a do up!.

Seria esse o terceiro modelo da VW desenvolvido no Brasil e que será vendido lá fora. O primeiro já foi o Nivus, que será produzido também na Espanha, enquanto o segundo é o SUV médio derivado do projeto Tarek, que será vendido nos EUA, Canadá e México.

Além de toda essa fumaça em torno do Polo, o sindicato confirmou que Taubaté receberá a plataforma MQB para produção compartilhada do Polo com São Bernardo do Campo. É possível que a Volks opte por produzir versões diferentes em cada planta, aliviando a pressão sobre São Bernardo, que hoje faz também o Nivus.

>>VW Nivus entra para lista dos SUVs mais vendidos do Brasil

>>Comparativo: Nivus Highline e Tracker LT são tão iguais e tão diferentes

>>Avaliação: VW Nivus supre os órfãos do Golf que não gostam de SUV?  

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar