Destaque Novidades

Segredo: VW T-Cross 2023 mudará para ficar parecido com o Taos

Primeira reestilização do Volkswagen T-Cross é da linha 2023 e pode unificar o visual do SUV compacto pelo mundo
Volkswagen T-Cross 2023 [Motor1]
Volkswagen T-Cross 2023 [Motor1]

SUV mais vendido do Brasil em 2022, o Volkswagen T-Cross sempre foi criticado pelo acabamento ruim. Mas isso está prestes a mudar: a primeira reestilização do SUV compacto alemão terá mudanças fortes no interior, mas também no exterior. Tanto que o T-Cross 2023 ficará mais sofisticado que o Taos.

Depois que o Auto+ antecipou as mudanças internas do Volkswagen T-Cross 2023, o Motor1 desvendou o exterior do SUV compacto. Como a ideia é sofisticar o modelo e trazer uma cabine bem mais refinada do que hoje, o exterior acompanhará essa mudança, por isso alguns elementos do Taos e do Nivus europeu, o Taigo.

A projeção mostra uma dianteira mais sofisticada, com faróis full-LED com dois projetores e luzes diurnas em formato de J. Elas se ligam a uma barra luminosa na grade frontal exatamente da mesma maneira que acontece com o Taigo e com o Taos. No para-choque, um elemento em preto brilhante liga a área das luzes de neblina.

Volkswagen T-Cross 2023 [Auto+ / Overboost]
Volkswagen T-Cross 2023 [Auto+ / Overboost]
A traseira deve finalmente ganhar lanternas que se iluminam por toda extensão da placa preta, não somente nas laterais. O para-choque deve mudar sutilmente somente para ter alguma novidade a mais nessa área. Novas rodas de liga-leve também devem aparecer na reestilização do T-Cross 2023.

Refinamento acima do Taos

Mas a mudança mais radical acontecerá no interior. Seguindo a projeção exclusiva do Auto+ que revela com exatidão como ficará o interior do novo T-Cross 2023, informações obtidas pelo Motor1 revelam que o nível de acabamento será bem melhor. Fontes ligadas a marca afirmam que o acabamento do Virtus Highline vai surpreender.

Volkswagen T-Cross atual [divulgação]
Dado o fato de que o Virtus é um produto inferior ao T-Cross, é de se esperar que o SUV suba o nível dos materiais internos para algo além do Taos (hoje também criticado pelo acabamento ruim). Chegará ao nível do Jeep Renegade? Provavelmente não, mas o mundo dos plásticos duros cheios de rebarbas parecer ter chego ao fim.

O novo T-Cross 2023 terá faixa de couro no painel com direito a costuras aparentes. Materiais macios ao toque devem ser usados nas portas, mas fontes já afirmaram ao Auto+ que as peças do modelo brasileiro são mais simples e menos complexas. Contudo, a qualidade será superior ao que hoje aparece no SUV compacto.

Volkswagen T-Cross [divulgação]
Volkswagen T-Cross [divulgação]

Três versões, dois motores

Para a linha 2023, novamente como antecipado pelo Auto+, o Volkswagen T-Cross terá uma diminuição do número de versões. Hoje ele conta com as variantes Sense, 200 TSI, Comfortline e Highline. As duas variantes de entrada serão fundidas na nova versão Trendline que será a única da linha com painel de instrumentos digital de 8 polegadas.

As versões Comfortline e Highline usarão o Active Info Display de 10,25 polegadas e já terão luz ambiente como item de série (opcional no Trendline). Outro elemento que estará somente nas duas versões mais caras é o acabamento em metal nos entornos das saídas de ar e da central multimídia. O Highline será o único com faróis de LED IQ.Light.

Volkswagen T-Cross 2021
Volkswagen T-Cross [divulgação]
Nada muda na gama de motores do T-Cross 2023. Nas configurações Trendline e Comfortline, foi escalado o 1.0 TSI três cilindros turbo de 128 cv e 20,4 kgfm de torque. Já a topo de linha virá com o 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque. Todas as versões usam câmbio automático de seis marchas.

>>Fiat Pulse escorrega e VW T-Cross volta a ser o SUV mais vendido

>>Volkswagen revela sedã luxuoso que ela desistiu de lançar

>>VW moderniza fábrica para receber Polo Track e Gol SUV (246)

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar