Destaque Novidades

Volkswagen Virtus se transformará em Skoda Slavia ainda em 2021

Destinado ao mercado indiano, o Slavia será a versão Skoda do brasileiro Volkswagen Virtus, com lançamento ainda em 2021
Volkswagen Virtus
Skoda Slavia [divulgação]

A carreira internacional do Volkswagen Virtus começará ainda em 2021. O sedã compacto derivado do Polo e desenvolvido no Brasil será vendido na Índia, mas não com o logotipo da VW. Batizado de Skoda Slavia, o Virtus da marca tcheca será o substituto do Rapid e será posicionado em um posto intermediário entre os compactos e os médios.

Exatamente como ocorre no Brasil com o Volkswagen Virtus, o Skoda Slavia será maior que os sedãs compactos, mas não terá acabamento sofisticado suficiente para peitar os médios. Contudo, seu posicionamento intermediário permite brigar com as versões topo de linha dos modelos de acesso e com as de entrada dos sedãs mais caros.

Prova disso é que o Skoda Slavia será equipado com itens como painel de instrumentos totalmente digital, bancos ventilados, sistema de som premium, faróis full-LED com acendimento automático e até a central multimídia VW Play com Apple CarPlay sem fio e Android Auto.

Menos potente, mas mais moderno

Outro ponto que vem do Virtus é seu conjunto mecânico. O Slavia é construído sobre a plataforma MQB-A0 e conta com motor 1.0 TSI três cilindros turbo. Na Índia ele renderá 115 cv, que é pouco menos que os 128 cv do modelo brasileiro. Haverá opção manual de seis marchas ou automático também com seis marchas.

Mas a grande estrela da linha será o motor 1.5 TSI, uma versão mais moderna que o nosso 1.4 TSI usado somente na versão esportiva GTS do Virtus. São 150 cv lá como cá, mas a transmissão é uma DSG automatizada de dupla embreagem com sete marchas. Por aqui, o motor mais antigo usa uma transmissão automática tradicional de seis marchas.

Skoda Slavia [divulgação]
Skoda Slavia [divulgação]
Visualmente o teaser revela que o Slavia será mais ousado que o Virtus. A identidade visual típica da Skoda trouxe a ele faróis triangulares finos ligados à grade frontal, que parece um bigode. Vincos fortes no capô deixam o modelo mais esportivo e ousado que o sedã da VW, que segue um perfil mais careta.

>>Polo e Virtus também perdem central multimídia de série e encarecem

>>Volkswagen Voyage chega a R$ 97.090 com novo aumento de preços

>>Taos Comfortline é forte custo-benefício entre SUVs médios | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar