Destaque Novidades

Nova VW Golf Variant não vem para o Brasil e a culpa é dos SUVs

Peruas morreram no Brasil, salvo exceções no segmento de luxo, por isso a nova VW Golf Variant será somente para apreciarmos de longe
Volkswagen Golf Variant Alltrack [divulgação]
Volkswagen Golf Variant Alltrack [divulgação]

Ao longo de três gerações, a perua Golf Variant (ou Jetta Variant como ficou conhecida nas duas primeiras encarnações por aqui) abrilhantou as ruas brasileiras. Mas, por culpa da ascensão dos SUVs, ela fez as malas e foi embora do Brasil antes do fim do seu ciclo de vida. Para tristeza nacional e alegria dos europeus, a oitava geração estreou.

Mais bonita e tecnológica do que nunca, a Volkswagen Golf Variant MK8 é uma perua em toda sua essência e mostra que o segmento não morreu, ao menos na Europa, onde elas ainda fazem muito sucesso.

Volkswagen Golf Variant R-Line [divulgação]
Volkswagen Golf Variant R-Line [divulgação]
Com frente idêntica à oitava geração do Golf, a Variant ganhou traseira com vidro mais inclinado e postura mais esportiva, como tem se mostrado tendência entre as station wagon. As lanternas finas e recheadas de LEDs dão um toque moderno, enquanto a placa em posição baixa na tampa traseira traz ligação com o modelo que já foi vendido no Brasil.

Em relação à sétima geração, ela ficou 35 cm mais comprida e ganhou 6,6 cm de entre-eixos. A ideia era privilegiar o espaço interno na segunda fileira, que saltou de 90 cv para 94 cm de vão livre. O porta-malas também cresceu, mas timidamente: de 605 litros para 611 litros.

Esportiva ou aventureira?

A Volkswagen apresentou a Golf Variant 2021 em duas versões com caráter completamente diferente: a esportiva R-Line e a aventureira Alltrack (que seria uma ótima pedida para o Brasil, já que tem toque de SUV).

A Golf Variant R-Line tem para-choques esportivos, detalhes em preto, rodas escurecidas, bancos tipo concha e suspensão mais baixa. Já a Golf Variant Alltrack agrega plásticos pretos na parte inferior da cabine, para-choques com visual mais parrudo e suspensão elevada. É a versão de mais sucesso da perua média.

Por dentro, ela segue toda fórmula da oitava geração do Golf, o que inclui acabamento esmerado e bastante tecnologia. Todas as versões contam com central multimídia grande com comandos do ar-condicionado embutidos, além de painel de instrumentos totalmente digital.

Diesel ou gasolina?

A perua pode ser equipada com quatro opções de motor nesse momento. Com gasolina há opção do motor 1.5 eTSI com 130 cv e 150 cv. A adição da letra e ao nome é por conta do sistema micro-híbrido que troca o alternador por um pequeno motor elétrico para economizar combustível.

Quem quer gastar menos no posto (na Europa) terá opção do motor 2.0 TDI com 115 cv ou 150 cv. Haverá ainda futuramente versões eHybrid e GTE. Uma Golf Variant R também é esperada no mercado europeu – versões GTI e GTD são cotadas, mas não confirmadas.

>>Volkswagen Tarek, rival do Jeep Compass, tem primeira imagem revelada

>>Comparativo: Nivus Highline e Tracker LT são tão iguais e tão diferentes

>>Volkswagen Passat não é mais importado para o Brasil

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar