Destaque Novidades

VW Taos vai mal em crash-test nos EUA, mas no Brasil é 5 estrelas

Único carro do Latin NCAP com cinco estrelas no novo protocolo, Volkswagen Taos não vai tão bem assim nos EUA
Taos 5 estrelas
Volkswagen Taos [Latin NCAP]

Exigências diferentes, testes distintos e até métodos de fabricação diferentes fazem com que um carro que vá muito bem em testes de impacto em um país não obtenha o mesmo resultado em outras regiões. Prova disso é o Volkswagen Taos com suas cinco estrelas no Latin NCAP, enquanto no IIHS nos EUA foi considerado um carro apenas aceitável.

Com testes diferentes do Latin NCAP, o IIHS (Insurance Institute of Highway Safety) nos EUA não conseguiu dar notas tão altas quanto o órgão latino para o Volkswagen Taos por conta de alguns pontos específicos. O teste mais difícil de passar por lá é o small overlap. Nessa situação, o carro colide contra um poste acertando a região dos faróis.

Segundo o IIHS, o Volkswagen Taos teve parte de sua carroceria deformada a ponto de entrar na área dos ocupantes, dando a ele nota apenas aceitável no teste de impacto. Outro problema foi encontrado no encosto de cabeça que não ofereceu proteção suficiente para cabeça e pescoço dos ocupantes em colisão traseira.

Taos 5 estrelas
Volkswagen Taos [Latin NCAP]
Os quatro testes de impacto adicionais, o SUV médio da Volkswagen atingiu a nota máxima. Já a proteção para pedestres foi considerada apenas básica, que é a pior nota possível. Já em sistemas que evitam colisão, o Taos foi elogiado com nota máxima.

Faróis que pouco iluminam

O IIHS também avalia a performance dos faróis dos carros. No caso do Taos, a versão topo de linha SEL, equivalente à Highline, obteve nota máxima com seu sistema IQ.Light. Já a S e a SE, com os faróis iguais aos do Comfortline vendido no Brasil, tiveram a pior nota possível no teste por conta da má performance em curvas.

Volkswagen Taos [divulgação]
Volkswagen Taos americano [divulgação]
Vale lembrar que o teste norte-americano não pontua o carro com estrelas como acontece em todos os NCAP. Por lá, carros mais seguros recebem o Top Safety Pick somente se obtiverem nota boa nos seis testes de colisão, notas superior ou avançada em prevenção de acidentes, além de passarem nos testes dos faróis.

>>VW investirá R$ 1,2 bilhão para renovar velha Amarok e fazer mais Taos

>>Ford Maverick vende mais que Volkswagen Saveiro em abril

>>Quem precisa da Tarok? Volkswagen quase fez uma Kombi picape elétrica

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva