Destaque Novidades

Wagoneer e Grand Wagoneer colocam Jeep contra os SUVs gigantes

Situados acima do Grand Cherokee, novos irmãos Wagoneer e Grand Wagoneer ampliam o portfólio de SUVs da Jeep
Jeep Grand Wagoneer e Wagoneer [divulgação]
Jeep Grand Wagoneer e Wagoneer [divulgação]

De olho no mercado de SUVs gigantes de luxo e generalistas ao mesmo tempo, a Jeep lançou a dupla Wagonner e Grand Wagoneer. Os modelos são o primeiro lançamento do lado FCA do grupo Stellantis após a fusão. Já disponíveis para reserva nos EUA, eles ainda não foram confirmados para o Brasil.

Apesar de serem essencialmente o mesmo carro, Wagoneer e Grand Wagoneer vão em busca de públicos diferentes. O primeiro briga com Chevrolet Tahoe, Ford Expedition e Toyota Sequoia. Já o Grand tem em vista modelos de luxo como Lincoln Navigator, Mercedes-Benz GLS, BMW X7 e, principalmente, Cadillac Escalade.

E haja garagem para fazer caber esses mamutes. Os novos Jeep registram na fita métrica 5,43 m de comprimento, 2,12 m de largura e 1,92 m de altura. Comparando a modelos considerados grandes no Brasil, como o Toyota SW4, os irmãos Wagoneer são 64 cm mais longo, 24 cm mais largos e 9 cm mais altos.

Jeep Wagoneer [divulgação]
Jeep Wagoneer [divulgação]
Apesar do sobrenome Grand, o Jeep mais caro não é sequer um centímetro maior que o modelo de entrada. O nome adicional é apenas para diferencia-los quanto a posicionamento de mercado.

Grand luxo

Se em tamanho os Wagoneer não se diferenciam, em visual há mudanças pontuais que justificam o posicionamento diferenciado. O modelo mais barato tem menos cromados pela carroceria, grade frontal maior, inscrito Wagoneer no capô e faróis maiores. Na traseira, as lanternas são mais simples e o friso que as liga é preto.

Jeep Grand Wagoneer [divulgação]
Jeep Grand Wagoneer [divulgação]
Já no Grand Wagoneer a integração entre grade frontal e faróis é mais sutil pois toda a peça é cromada. O nome do modelo está logo acima das sete fendas e o capô tem desenho diferente. Há mais cromado por todos os lados e pelas em cinza acetinado, além de rodas maiores.

Por dentro a dupla apresenta volante com dois aros lembrando do SUV original. O layout é bem moderno e elegante, com duas telas para controle da central multimídia e ar-condicionado, ainda que haja botões físicos para algumas operações. Console central gigantesco revela que o SUV é grande mesmo.

Jeep Wagoneer [divulgação]
Jeep Wagoneer [divulgação]
A maior diferença para o Grand está no nível de acabamento. Ele conta com madeira, couro mais nobre e detalhes em metais em maior profusão. Além disso, as telas são maiores e há um display dedicado apenas ao passageiro, com espelhamento de celular e película que impede que o motorista veja o que se passa nessa tela.

Ao contrário de outros Jeep com versões Sport, Longitude e Limited, os novos irmãos são classificados pelos acabamentos Series I, Series II e Series III. Destaque no Grand Wagoneer para a presença de sistema de som McIntosh com 19 alto-falantes e 950 watts de potência, que sobe para 23 alto-falantes e 1.950 watts de potência no Series III.

Jeep Wagoneer [divulgação]
Jeep Wagoneer [divulgação]
O Grand Wagoneer ainda conta com segunda fileira de bancos com dois assentos individuais estilo poltrona como diferencial em relação ao irmão mais barato. Ambos os modelos podem ser equipados com sistemas de condução semiautônoma com piloto automático adaptativo, assistente de manutenção em faixa e frenagem autônoma de emergência.

Questão V8

Como não poderia deixar de ser em um típico SUV gigantesco norte-americano, os novos Jeep são equipados somente com motor V8 gasolina. Ambos trazem tecnologia micro-híbrida para conter a sede desses grandes blocos. E é justamente o posicionamento de mercado dos modelos que determinou o layout usado.

Jeep Grand Wagoneer [divulgação]
Jeep Grand Wagoneer [divulgação]
O Jeep Wagoneer conta com um V8 5.7 de 392 cv e 55,9 kgfm de torque. Ele é atrelado a uma transmissão automática de oito marchas. Como padrão a tração é traseira, mas a Jeep oferece sistema de tração 4×4 Quadra-Trac I com duas caixas de transferência ou Quadra Trac II com duas caixas de transferência e diferencial de deslizamento limitado.

Mais caro e refinado, o Grand Wagoneer vem com motor V8 6.4 de 471 cv e 63 kgfm de torque. Aqui a transmissão é automática de dez marchas e a tração Quadra-Trac II é a única opção para quem não quiser tração traseira. A suspensão a ar é item de série nesse SUV chique.

Jeep Grand Wagoneer [divulgação]
Jeep Grand Wagoneer [divulgação]

>>Jeep Renegade 4Xe vai te mandar uma mensagem se for roubado

>>Seis SUVs médios rivais do Jeep Compass que não temos no Brasil

>>Jeep, Fiat e Alfa Romeo terão SUVs pequenos baseados no Peugeot 208

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar