Curiosidades Destaque

5 carros que foram enormes potenciais desperdiçados

Apesar de serem carros verdadeiramente interessantes na hora do lançamento, o tempo mostrou que não era bem assim
carros
Renault Sandero RS [divulgação]
Compartilhar

Durante o lançamento de novos carros, as marcas os promovem com estratégias fortíssimas, visões de mercado super estudadas e, na hora do test-drive, comprovam tudo aquilo que falam. Só que, na hora de chegar ao mercado, alguns carros atuam de maneira completamente oposta a aquilo que o mercado e os jornalistas pensavam.

Por isso, reunimos cinco carros cujo potencial foi gigantesco na hora do lançamento, todos criaram altas expectativas, mas, na vida real, eles foram verdadeiros fracassos nas vendas. 

Volkswagen Taos

Volkswagen Taos [divulgação]
Volkswagen Taos [divulgação]
Quando a Volkswagen revelou o Taos, todos apostaram que ele seria o segundo SUV médio mais vendido do Brasil, não o Toyota Corolla Cross. Isso porque ele estava bem precificado, é bom de dirigir e tem boa lista de itens de série. Mas o acabamento ruim e o visual sem graça fizeram com que o mercado preferisse a boa fama do SUV japonês.

Ford Maverick Hybrid

carros
Ford Maverick Hybrid Lariat [Auto+ / João Brigato]
Com o título de primeira caminhonete híbrida do Brasil, a Ford Maverick Hybrid chegou com grande pompa no Brasil. Ela deveria expandir as vendas da picape e figurar em um patamar inédito no mercado. Mas, nunca vendeu bem e não aumentou os volumes do jeito que era esperado. A culpa é da falta de divulgação e dos EUA, que consome toda produção.

Fiat Linea

Fiat Linea [divulgação]
Fiat Linea [divulgação]
Agora que o Fiat Linea morreu, fica bem claro quais foram os dois eros maiores da Fiat com ele. Primeiro foi nunca ter oferecido câmbio automático, até porque o Dualogic era tenebroso e não enganava compradores dessa faixa de preço. O outro problema foi ter tentado vender um rival de Virtus e Versa como se fosse concorrente de Civic e Corolla.

Honda City Hatch

Honda City Hatch Touring [Auto+ / João Brigato]
Honda City Hatch Touring [Auto+ / João Brigato]
Apesar de não preencher o espaço do Fit, o City Hatch tinha potencial para vender bem. Afinal, é um hatch com visual tradicional e com a boa fama da Honda. Mas a marca achou que ele era mais sofisticado que o sedã e só o vendeu em versões mais caras. Recentemente corrigiu esse problema e há potencial de melhora nas vendas. Mas será?

Renault Sandero RS

carros
Renault Sandero RS [divulgação]
Ainda que seja um dos carros brasileiros mais amados, o Renault Sandero RS prometeu uma revolução e morreu em silêncio. O modelo tinha expectativas de vendas bem altas e prometia resgatar o segmento de esportivos nacionais forçando as rivais a criarem concorrentes. Mas nada disso aconteceu e, quando ele saiu de linha, nem uma série de despedida teve.

Que outros carros foram potenciais desperdiçados no Brasil? Conte nos comentários.

>>Governo financiará carros híbridos da Volkswagen

>>Carros gringos que deixam os brasileiros passando vergonha

>>VW processa concessionária por vender carros da Volkswagen

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa
Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa