Problemão

Em pré-venda no Brasil, Seres M7 sofre com protestos na China

Enquanto não chega de fato ao mercado brasileiro, o Seres M7 tem sofrido com problemas na China e com protestos dos compradores

Seres M7 [divulgação]
Seres M7 [divulgação]

O Seres M7 já está confirmado no mercado brasileiro, estando em fase de pré-venda. No entanto, o SUV híbrido tem enfrentado um sério problema na China, com direito a protestos dos compradores nas concessionárias da marca. Vendido como Aito M7 por lá, os compradores do carro não estão nada satisfeitos com alguns problemas.

Aparentemente, os clientes do SUV não gostaram dos longos prazos de entrega do carro, além de reclamarem que o pós-venda não tem fornecido um suporte eficiente. No caso das entregas, os prazos superam os 100 dias, o que tem frustrado os consumidores.

Outro problema relatado é que o Seres M7 tem recebido muitas atualizações. Dessa forma, quem compra o carro logo fica decepcionado ao saber que já existe uma nova versão. Por isso, os compradores dizem que esperam por 100 dias pelo carro, e que depois, em menos de 60 dias, ele já está desatualizado.

Seres M7 [divulgação]
Seres M7 [divulgação]

Sucesso de vendas do Seres M7

Feito por meio de uma parceria entre Seres e Huawei, o M7 se tornou um verdadeiro sucesso de vendas na China. Por lá, o SUV já teve 70 mil pedidos apenas neste ano, o que tem feito com que as entregas demorem mais do que o previsto.

Apresentado no Brasil em agosto de 2023, o Seres M7 tem um funcionamento híbrido diferente, já que o SUV é movido sempre pelo propulsor elétrico. Dessa forma, o propulsor a combustão funciona somente como um extensor de autonomia. Com isso, ele pode chegar a 1.300 km de autonomia.

Há versões de 5 ou 6 lugares na China, e duas opções de potência: um motor elétrico de 266 cv ou dois motores e tração integral, com 439 cv.

Acha que a Seres vai conseguir reverter a situação do M7? Deixe nos comentários a sua opinião.


>> 5 carros que as marcas parecem terem esquecido deles

>> Chevrolet Trailblazer LT é versão para vendas diretas

>> BYD Song Plus ganha maior autonomia e menor consumo