Curiosidades Destaque

Qual carro tem a pior versão no Brasil? Pergunta da Semana

Quer seja um nome exagerado ou sem sentido, a Pergunta da Semana busca o carro com a pior versão do Brasil
Volkswagen Saveiro Extreme [Auto+ / João Brigato]
Volkswagen Saveiro Extreme [Auto+ / João Brigato]
Compartilhar

Na hora de escolher as versões de um carro, as marcas podem ser bem criativas ou ir longe de algo agradável. Por isso, na Pergunta da Semana, queremos saber: qual o carro que tem o pior nome de versão entre todos os vendidos no Brasil?

Conte nos comentários a sua escolha para o carro com o pior nome de versão à venda no nosso país. Não esqueça de justificar a resposta para aparecer na matéria de sexta-feira com as melhores sugestões. Mas antes, as escolhas da nossa equipe de jornalismo para o carro com as piores versões.

Fiat Fastback Limited Edition Powered by Abarth – João Brigato / Editor

Fiat Fastback Limited Edition Powered by Abarth [divulgação]
Fiat Fastback Limited Edition Powered by Abarth [divulgação]

Com nome mais longo do que Dom Pedro, o Fiat Fastback Limited Edition Powered by Abarth poderia ter sido bem mais resumido. Limited estaria de bom tamanho, deixando o Powered by Abarth para o motor. Ou até mesmo Abarth Edition, para diferenciá-lo do Abarth de fato. Era para ser um carro temporário, mas agradou tanto que ficou.

Volkswagen Saveiro Extreme e Amarok Extreme – Leo Alves / Repórter

Volkswagen Amarok V6 Extreme [Auto+ / João Brigato]
Volkswagen Amarok V6 Extreme [Auto+ / João Brigato]

Não há absolutamente nada de extremo na versão topo de linha da Volkswagen Amarok e da Saveiro. Ao contrário da antiga Saveiro Cross que até tinha um estilo aventureiro a mais que as outras versões, a Extreme não tem muita coisa fora. A única justificativa para um carro da Volkswagen ser Extreme, é que é o extremo mais alto do preço que ele pode ter.

Versões sem nome – Felipe Yamauchi / Repórter

Jeep Renegade sem nome [Auto+ / João Brigato
Jeep Renegade sem nome [Auto+ / João Brigato

Há um certo tempo, as marcas resolveram que seus carros de entrada seriam Sem Nome. Ao invés de adotar uma nomenclatura, simplesmente o carro não tem nome. Isso acontece com Jeep Renegade, os Fiat Fastback Cronos e Argo, além dos Chevrolet Montana, Onix, Onix Plus e Tracker. Custava um nome de verdade ao invés de serem conhecidos como Sem Nome?

Para você: qual o carro com o pior nome de versão à venda no Brasil? Conte nos comentários

>>5 carros que são gambiarras sobre rodas

>>França vai taxar carros poluentes no valor de um Commander

>>5 carros ruins, que só melhoraram com o tempo

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa
Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa