Destaque Novidades

GWM prepara a chegada do Haval H6 GT ao Brasil em 2023

Também conhecido como Haval H6S na China, versão com perfil cupê do SUV médio será o topo de linha em nosso mercado, com motor de 483 cv
Haval H6 GT [divulgação]
Haval H6 GT [divulgação]
Compartilhar

A GWM não virá de brincadeira no mercado brasileiro. A Haval, primeira marca do grupo a desembarcar em nosso país, no primeiro semestre de 2023, vai trazer mais um veículo ao nosso mercado ainda no primeiro do ano que vem. De acordo com apuração do site Motor1 Brasil, o H6 GT também será vendido em nosso país.

Mas o que é o H6 GT? O H6 GT é a versão de perfil cupê do H6, com um design mais esportivo. Inclusive, vale destacar, a checagem dos nossos parceiros do Motor1 deu um estalo na mente. O H6 GT já estava com dados de consumo registrados no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) do InMetro, como divulgamos aqui no Auto+ no último dia 16.

Com motor híbrido plug-in, o H6 GT apareceu no PBE com um consumo de 24,7 km/l na cidade e 18,2 km/l na estrada, como também tinha apurado o Motor1. Conhecido como H6S, o SUV médio cupê possui o nome H6 GT na Austrália, onde parece que será o mesmo batismo a ser usado em nosso mercado.

Haval H6 GT [divulgação]
Haval H6 GT [divulgação]
Em relação ao H6, o H6 GT se destaca por contar com um desenho mais esportivo e que o diferencia bastante do SUV convencional. Na dianteira, ele possui um novo para-choque dianteiro com uma entrada de ar acima do logotipo da marca e uma nova entrada de ar intermediária e inferior. Os faróis de neblina também têm um novo nicho, com desenho mais triangular.

As laterais trazem o perfil mais cupê do SUV, com um novo desenho da janela vigia lateral e o teto mais baixo. Na traseira, as lanternas deixam de se conectar por uma faixa em LED, enquanto há um aerofólio na parte superior dos vidros e um pequeno aerofólio na própria tampa do porta-malas abaixo dos vidros. O para-choque traseiro tem linhas mais agressivas, com duas falsas saídas de escape e um falso difusor de ar.

No interior, o SUV traz um acabamento em couro mais esportivo, com o logotipo GT no encosto dos bancos. Na mecânica, a novidade fica por conta de um conjunto elétrico duplo de 483 cv e 77,7 kgfm, com tração AWD, junto de um motor 1.5 Turbo a gasolina como gerador de energia para a bateria. Por aqui, é possível que ele seja o Haval mais caro à venda, certamente acima dos R$ 300.000.

>>Flagra: GWM testa rival do Jeep Compass no Brasil, o Haval Jolion

>>Flagra: Haval H6 híbrido já circula em versão brasileira

>>Haval revela as primeiras imagens do nosso H6

Sobre o autor

Luis Noal

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa
Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa