Destaque Racing

Investigação suspeita gera crise entre Fórmula 1 e FIA

Tudo estava tranquilo nas férias da Fórmula 1 até esta semana, quando uma investigação envolvendo o casal Wolff gerou uma crise grande
Toto e Susie Wolff [reprodução]
Toto e Susie Wolff [reprodução]
Compartilhar

A Fórmula 1 está de férias, mas se engana que o ambiente político da categoria está tranquilo. Quando todo mundo imaginava que as equipes e funcionários estariam aproveitando as férias, uma investigação bem duvidosa foi anunciada e colocou o casal Toto e Susie Wolff no olho do furacão.

Tudo começou quando a investigação foi anunciada, na última terça-feira. A FIA declarou que estava investigando um possível conflito de interesses. Acontece que Toto Wolff é o mandachuva da equipe Mercedes, enquanto sua esposa, Susie Wolff, é a diretora da F1 Academy, categoria feminina de base e que visa revelar novas pilotas para a Fórmula 1.

Segundo informações da mídia internacional, haveria uma suspeita de que o casal compartilhou informações confidenciais. Toto nega veementemente isso, enquanto Susie diz que, além de nunca ter compartilhado nada com o marido, ainda sofre um ataque machista por parte dos dirigentes da FIA. 

Equipes se manifestam sobre a investigação [divulgação]
Equipes se manifestam sobre a investigação [divulgação]

Crise entre Fórmula 1 e FIA

O problema é que a FIA diz que recebeu uma denúncia de um chefe de equipe, e por isso abriu a investigação. Só que ontem, todas as equipes emitiram um comunicado conjunto, dizendo que nenhuma delas denunciou nada, e que apoiam o trabalho feito por Susie Wolff.

Isso ligou um enorme sinal de alerta. Afinal, se nenhuma equipe fez a denúncia, como a FIA diz, então qual seria a real motivação da investigação? Até o momento, a entidade máxima do automobilismo não se manifestou, e boatos apontam para uma suposta queda de braço entre F1 e FIA.

Equipes se manifestam sobre a investigação [divulgação]
Equipes se manifestam sobre a investigação [divulgação]

Segundo uma notícia da BBC, caso a federação mantenha a denúncia, a Fórmula 1 pode anunciar o rompimento de suas relações com a entidade máxima. Até mesmo uma pressão pela renúncia do presidente Mohammed Ben Sulayem começou a ganhar força nos bastidores.

Ainda há muita água para passar por baixo da ponte nessa história, mas existe a possibilidade desta ser a maior crise entre as duas entidades desde 2009, quando um rompimento entre F1 e FIA ficou bem próximo de acontecer.

Quem você acha que tem razão nesta história? Deixe nos comentários a sua opinião.


>> Flagra: BMW já testa o futuro iX3 nas ruas

>> Audi Q6 e-Tron já roda em testes finais e vem ao Brasil em 2024

>> Compradores da Tesla Cybertruck estão desistindo da caminhonete

Sobre o autor

Leo Alves

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa
Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa