Destaque Mercado Novidades

Acordo com o México é revisto e agora garante importação sem cotas

Não vão existir mais barreiras comerciais entre os dois países
Volkswagen Tiguan AllSpace (divulgação)

O Brasil e o México fecharam ontem, dia 19 de março, um acordo de livre comércio de veículos.

Com isso, o acordo coloca um ponto final no sistema de cotas sem Imposto de Importação, o que significa que as fabricantes no Brasil poderão importar seus modelos fabricados naquele país sem impostos ou taxas.

Ford Fusion (divulgação)

Atualmente o país mais importa carros do México do que exporta. Alguns dos modelos que vem direto do México são: Volkswagen Jetta e Tiguan, Chevrolet Tracker e Equinox, Ford Fusion, Audi Q5 e Nissan Sentra. Em contrapartida, os modelos enviados daqui para os mexicanos são: Volkswagen Gol e Up!, Ford Ka e EcoSport, além da picape Renault Duster Oroch.

Nissan Sentra (divulgação)

Nesse acordo também estão válidas importações ou exportações de peças para todas as marcas. Vale lembrar que o acordo entre Brasil e México existe desde 2002 e exigia algumas condições como quantidade de importação e outros impedimentos, no entanto, agora o novo acordo prevê que as importações e exportações sejam feitas de maneira menos burocrática.

Por hora, caminhões e ônibus serão incluídos posteriormente ao novo tratado.

Veja mais:

>> Chevrolet Equinox ganha versão PCD “completona”

>> Audi Q5 Security: SUV blindado chega ao Brasil

>> Ford Fusion muda pouco e perde versão aspirada

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Instagram

Jocar