Lesmas sobre rodas

Lesmas sobre rodas: os 10 carros mais lerdos do Brasil

Existe uma chance bem grande de que esse texto seja lido por completo antes que qualquer um desses carros atinja 100 km/h

Fiat Cronos Drive [Auto+ / João Brigato]
Fiat Cronos Drive [Auto+ / João Brigato]

Um dos grandes balizadores de performance nos carros é o tempo de 0 a 100 km/h. Mas e quando esse atributo é, na realidade, a grande fraqueza de um modelo? Por isso, reunimos as dez maiores lesmas sobre rodas: os 10 carros mais lentos vendidos no Brasil em 2024.

Os dados foram computados pelos nossos parceiros da Jato e foram fornecidos oficialmente pelas montadoras. E os resultados são verdadeiramente surpreendentes.

1. Fiat Cronos 1.0 15,3 segundos

Fiat Cronos Drive [Auto+ / João Brigato]
Fiat Cronos Drive [Auto+ / João Brigato]

O carro mais lento do Brasil é um sedã compacto comumente visto nas ruas. Com longuíssimos 15,3 segundos para atingir os 100 km/h, o Fiat Cronos é uma lesma. Ele usa motor 1.0 Firefly três cilindros aspirado de 75 cv e 10,7 kgfm de torque. E outros Stellantis com esse motor estarão na lista.

2. Renault Stepway 1.0 – 15 segundos

Renault Stepway 1.0 [divulgação]
Renault Stepway 1.0 [divulgação]

Espólio do Sandero no Brasil, o Stepway é o hatch mais lerdo do país com 0 a 100 km/h feito em longuíssimos 15 segundos. O modelo conta com motor 1.0 três cilindros aspirado de 82 cv e 10,5 kgfm de torque.

3. Fiat Mobi Trekking e BYD Dolhpin Mini – 14,9 segundos

Um elétrico, outro um hatch aventureiro, BYD Dolphin Mini e Fiat Mobi Trekking dividem o título na terceira posição. O Fiat tem motor 1.0 quatro cilindros de 74 cv e 9,7 kgfm de torque. Já o BYD vem com um elétrico de 75 cv e 13,7 kgfm de torque. Mesmo com mais torque, é maior e mais pesado, sendo tão lento quanto o Mobi.

4. Renault Kwid E-Tech – 14,6 segundos

Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]
Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]

Sem surpresa, o carro elétrico mais barato do Brasil está na lista. Enquanto o Kwid a combustão precisa de 13,2 segundos para chegar aos 100 km/h, seu irmão elétrico, que custa o dobro, exige 1,4 segundo a mais. Com 65 cv e 11,5 kgfm de torque, o carro elétrico mais lento do Brasil é também um dos mais baratos da categoria. 

5. Hyundai HB20 1.0 e HB20S – 14,5 segundos

carros
Hyundai HB20 Sense [divulgação]

Com motor 1.0 três cilindros de 80 cv e 10,2 kgfm de torque, o Hyundai HB20 é substancialmente mais forte que o Fiat Mobi. Só que ele é só 0,4 segundo mais rápido. Isso se dá por conta do peso extra da carroceria e acerto de transmissão. Ainda assim, é um dos mais econômicos da categoria.

6. Citroën C3 1.0 – 14,1 segundos

Citroën C3 Feel [Auto+ / João Brigato]
Citroën C3 Feel [Auto+ / João Brigato]

Dentre todos os hatches da Stellantis com motor 1.0 Firefly três cilindros de 75 cv e 10,7 kgfm de torque, o Citroën C3 é o mais lento. Culpe seu formato caixote nada aerodinâmico ou o acerto de câmbio, mas ele é 0,7 segundo mais devagar que o Fiat Argo e que o Peugeot 208 com exatamente o mesmo motor.

7. Fiat Mobi Like e Suzuki Jimny Sierra AT – 14 segundos

Carro mais barato do Brasil junto do Renault Kwid, o Fiat Mobi Like é também um dos carros mais lentos do país. Apesar de cortar em 0,9 segundo seu tempo de aceleração em relação à versão Trekking, ele ainda está entre as lesmas brasileiras. Motor 1.0 quatro cilindros rende 74 cv e 9,7 kgfm de torque. Temos também o Jimny Sierra com seu motor 1.5 aspirado de 108 cv e 14,1 kgfm de torque ligado a um câmbio automático de quatro marchas.

8. Volkswagen Polo MPI e Nissan Frontier S – 13,5 segundos

Elevado a versão intermediária depois do lançamento do Polo Track, o MPI tem 77 cv e 10,3 kgfm de torque em seu motor 1.0 três cilindros. E ele empata com a Nissan Frontier S, com motor 2.3 quatro cilindros turbo de 163 cv e 43,3 kgfm de torque. Ambos os modelos tem câmbio manual. E há ainda o Suzuki Jimny de novo, mas com câmbio manual.

9. Fiat Argo 1.0, Volkswagen Polo Track e Peugeot 208 1.0 – 13,4 segundos

Empatados na última posição dos carros mais lentos do Brasil, Volkswagen Polo Track, Fiat Argo 1.0 e Peugeot 208 1.0 tem em comum a presença de um motor 1.0 três cilindros aspirado. Os modelos da Stellantis contam, com 75 cv e 10,7 kgfm, enquanto o Volkswagen vai com 77 cv e 10,3 kgfm.

10. Renault Logan 1.0 – 13,2 segundos

renault logan uber taxi
Renault Logan [Auto+ / João Brigato]

Usando o mesmo motor do Stepway, o Logan é mais leve e consegue ficar no fundo da lista das lesmas. O modelo conta com motor 1.0 três cilindros aspirado de 82 cv e 10,5 kgfm de torque.


>>BYD Dolphin Mini: a pequena bola de demolição | Avaliação

>>Réplica de Lamborghini Countach custa mais do que um Kwid

>>Volkswagen pode lançar Tarok e caminhonete elétrica nos EUA