Destaque Novidades

Flagra: Fiorino 2022 segue em testes e terá motor 1.3 da Strada

Fiat Fiorino, furgão mais vendido do Brasil terá na linha 2022 quase a mesma dianteira do Uno de 2016
Fiat Fiorino 2022 [Motor1]
Fiat Fiorino 2022 [Motor1]

Depois da reestilização da Toro, o próximo carro da Fiat a passar pelo bisturi será o Fiorino. Furgão mais vendido do Brasil, ele está sem qualquer tipo de mudança desde que a segunda geração foi lançada em 2013. Flagras anteriores feitos na Europa já indicavam as mudanças do Fiat Fiorino 2022, mas agora o modelo foi visto no Brasil.

Imagens cedidas pelos nossos colegas do Motor1 mostram o novo Fiat Fiorino 2022 rodando com pesado disfarce justamente onde haverá mudança. A dianteira será nova ao furgão, mas não tanto assim para a Fiat. Trata-se de praticamente a mesmas usada no Uno desde 2016.

Mas por que praticamente a mesma? Pois a Fiat trabalha em pequenas alterações no capô e na grade frontal para se adequar à nova linguagem visual. O retrabalho da dianteira é antecipado pela nossa projeção exclusiva abaixo. Sem o logo redondo, o capô terá recorte reto e a grade frontal terá desenho levemente alterado, como aconteceu no Mobi.

Fiat Fiorino 2022 [Projeção: João Brigato]
Pela camuflagem usada pela Fiat desde os testes do Fiorino na Europa, são esperadas mais mudanças do que a dianteira. O modelo deve adotar novos apliques nas portas, que vem sendo cobertos todas as vezes que ele sai para testes. Além disso, as lanternas devem ganhar mudanças e deixar de ser as mesmas do Doblò de 2005.

Por dentro, o Fiat Fiorino 2022 terá o mesmo interior que o Uno usa desde a penúltima mudança visual. Isso possibilitará ao furgão ter central multimídia, algo indisponível com o atual layout interno. A qualidade de acabamento será substancialmente melhor e poderão ser usados novos itens de conforto.

Fiorino com coração de Strada

Mas a grande novidade ficará por conta o motor 1.3 Firefly. Com 109 cv e 14,2 kgfm de torque, esse motor deve ser usado nas versões mais caras do Fiorino. Ele será mantido ao lado do antigo 1.4 Fire de 80 cv e 12,4 kgfm de torque.

A manutenção do motor anterior se da por conta da facilidade de manutenção e custos mais baixos quando comparado aos do Firefly. Como o Fiorino é um carro voltado ao trabalho puramente, reparação mais baixa é um atrativo importante para frotistas e empresas. Independentemente da mecânica, o câmbio manual de cinco marchas continua.

>>Chevrolet já tem rival pronto para VW Nivus e Fiat Pulse

>>Fiat Argo e Cronos passam dos R$ 100 mil com aumento de preços

>>Fiat Strada 2022 passa dos R$ 100 mil na versão Volcano

Sobre o autor

João Brigato

6 Comentários

Clique aqui para comentar

  • ele poderia usar o motor 1.0 turbo que vai ter no pulse no 2 simestre mesmo sendo um carro de comeciante de trabalho mas poderia colocar um motor turbo ficaria legal e uma central multimidia.

    • Não pode colocar muita potência e sim força. É um carro justamente para trabalho e os motoristas que usam fiorinos geralmente não são os donos e andam acima do limite dela, ainda mais que o baú é um pouco alto. O que vejo muito nas grandes cidades são fiorinos batidas e capotadas por causa da imprudência dos motoristas.

  • Bom carro pra trabalho, muito bom mesmo! Porém o preço é absurdamente caro para os modelos anteriores. Essa de 2022 então, dá pra imaginar quanto vai custar.

  • Com precos nas alturas estamos vivendo uma bolha automobilistica , valorizam os velhinhos pra promover preço dos novos.
    Essa expectativa de entrega 40 60 120 dias nada mais é do que provocar aumento.

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva