Novidades Serviço

Veja quais são os fatores que compõem o preço do seguro

Cotação vai além do perfil do condutor e carro escolhido
(divulgação)

Quando se pensa em fazer o seguro do carro, a primeira questão que vem à cabeça é quanto ele irá custar (e pesar) no bolso. Isso é inevitável, já que o seguro é um dos principais gastos referente a um automóvel. Mas você sabe as variáveis para definição do preço do seguro? Abaixo, confira quais são:

De acordo com o grupo segurador Banco do Brasil e Mapfre, primeiramente é preciso saber que a precificação do seguro leva em consideração uma junção de variáveis como: perfil do cliente, o carro escolhido (e suas estatísticas) e as coberturas contratadas pelo proprietário do veículo, segundo Cláudio Toyama – diretor de produto de automóvel Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre.

No momento que o cliente vai cotar uma apólice, ele tem que inserir todos seus dados que serão necessários para o cálculo que vai resultar no valor final do seguro. Além da idade, é necessário informar dados como sexo, estado civil, se possui filhos, funcionários ou se reside com condutores menores de 26 anos que podem eventualmente dirigir o veículo — fator que pode elevar razoavelmente o  custo da apólice.

“Avaliamos, de acordo com o nosso banco de dados, os possíveis riscos do cliente, incluindo as estatísticas que envolvem sua faixa etária, mas também a região de residência e de trabalho e o uso do veículo, se é passeio ou comercial”, explica Toyama.

Uma dúvida comum entre os consumidores é quanto o chamado “Índice de roubo de veículos” reflete no valor do seguro de alguns modelos. Além do valor de tabela Fipe do veículo (considerando ano e modelo), a seguradora considera qual a probabilidade de riscos desse automóvel. “A ocorrência de roubos é apenas uma das variáveis da composição do valor do seguro, desse risco, é considerado o custo de eventual reparo em caso de colisão etc.”, complementa o diretor.

É importante que o cliente escolha um contrato com itens adequados para suas necessidades para conseguir ter um seguro com preço que caiba no bolso. “Se o cliente possui apenas um veículo, em caso de colisão que deixe o automóvel indisponível, a inclusão do carro reserva pode ser uma opção mais econômica que o aluguel de um modelo”, sugere o especialista.

Veja mais:

>> Saiba o que revisar no carro antes de pegar a estrada

>> Como usar corretamente o ar-condicionado no verão

>> Qual é mais seguro: Toyota Corolla 1998 ou 2015?

Sobre o autor

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.

Instagram

Jocar