Destaque Mercado

Volkswagen chega a 100 mil T-Cross fabricados em cerca de um ano

Lançado em abril de 2019, Volkswagen T-Cross é o SUV mais vendido do Brasil no acumulado e atinge marca histórica
Volkswagen T-Cross 2021
Volkswagen T-Cross 2021 [divulgação]

Foi preciso pouco mais de um ano para que o Volkswagen T-Cross atingisse uma marca histórica no Brasil: 100 mil unidades produzidas na fábrica de São José dos Pinhais (PR). Com vendas iniciadas em abril de 2019, o SUV compacto da marca alemã hoje é o rei da categoria no acumulado do ano.

“Mantemos a liderança no segmento com o T-Cross no acumulado do ano de 2020. Recentemente lançamos o ano modelo 2021 e este sucesso comprova que acertamos na estratégia ao desenvolver um produto para atender as necessidades do consumidor da América Latina”, destaca Pablo Di Si, CEO da VW América Latina.

Volkswagen T-Cross 100 mil [divulgação]
Volkswagen T-Cross 100 mil [divulgação]
Com maior parte da produção absorvida pelo mercado brasileiro, o T-Cross também é exportado para outros países pela Volkswagen. Segundo dados fornecidos pela Fenabrave, em 2019 foram vendidas 37.081 unidades, enquanto até setembro de 2020, mesmo com a pandemia, a Volkswagen emplacou 41.989 unidades do SUV compacto no Brasil.

Com vendas cada vez mais altas, a marca alemã espera manter a liderança do segmento de SUVs compactos até o final do ano, mesmo que seu rival Chevrolet Tracker venha evoluindo forte na categoria e liderando com frequência os resultados mensais.

Volkswagen T-Cross 2021
Volkswagen T-Cross 2021 [divulgação]
No Brasil, o T-Cross é vendido em quatro versões: 200 TSI manual, 200 TSI automática, Comfortline e Highline. Os preços vão de R$ 93.490 pelo modelo de entrada manual e sobem a R$ 122.990 no Highline, que ainda pode atingir R$ 138.550 caso equipado com todos os opcionais disponíveis.

O T-Cross é oferecido em duas opções de motor. As versões 200 TSI e Comfortline usam o 1.0 TSI três cilindros turbo de 128 cv e 20,4 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas ou manual com o mesmo número de relações apenas na versão de entrada. Já o Highline é automático apenas e usa motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque.

Volkswagen T-Cross 2021
Volkswagen T-Cross 2021 [divulgação]

>>Volkswagen T-Cross despenca entre SUVs mais vendidos de setembro

>>Avaliação: VW Nivus supre os órfãos do Golf que não gostam de SUV?  

>>Volkswagen Taos e Jetta terão novo motor 1.5 TSI

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar