Novidades Serviço

Dicas básicas para minimizar o desgaste de seu carro

Direção mais “suave” pode poupar o sistema de freios e reduzir o consumo de combustível
(reprodução)

Com a crise econômica que insiste em demorar a passar, a palavra de ordem continua sendo economizar. E, claro, isso inclui as despesas com o carro – desde o consumo de combustível até o desgaste de peças. Para dar uma mãozinha na hora de poupar o bolso, o CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária) pontuou dicas básicas sobre como prolongar a vida útil dos componentes do seu carro.

Algumas práticas podem ser aplicadas no dia a dia e, consequentemente, se tornarem hábitos e ajudar o motorista economizar com manutenções e reparos antes da hora. De acordo com Gerson Burin, coordenador técnico da entidade, uma forma de evitar o desgaste das pastilhas de freio, por exemplo, é usar a força do motor para frear o carro, diminuindo as marchas e tirando o pé da embreagem enquanto freia o veículo. Além de poupar o freio, a ação contribui para a redução do consumo de combustível.

Andar com o carro em ponto morto (ou na “banguela”) não é nem um pouco recomendado, fato. Mas muita gente ainda mantém esse mau hábito e, provavelmente, sem saber que pode afetar o sistema de frenagem. Exemplificando com uma ação comum: descer uma serra sem engatar qualquer marcha. A atitude exige muito mais uso dos freios, que esquentam pelo excesso de acionamento e, sem tempo de esfriar, acabam perdendo eficiência, afetando a segurança.

Já para os motoristas que têm o “pé pesado”, a dica é evitar acelerações e freadas muito bruscas, pois gera maior consumo de combustível, desgaste dos freios, dos amortecedores e até mesmo dos pneus.

Sobre o autor

Avatar

Redação

2 Comentários

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva