Destaque Novidades

Ford vai matar o Territory no Brasil e trazer novo Equator Sport

Assim como já acontece em outros países, o polêmico Territory será trocado pelo moderno Equator Sport que foi realmente desenvolvido pela Ford
Ford Equator Sport [divulgação]
Ford Equator Sport [divulgação]

Lançado em agosto de 2020, o Ford Territory não foi bem recebido no mercado brasileiro. Com visual copiado de um Land Rover Evoque, motor de Mitsubishi, câmbio de JAC e nenhuma peça de Ford, além de mais caro do que deveria, ele nunca vendeu bem. Mas a marca vai corrigir esse problema o substituindo por um genuíno Ford.

Flagrado pelo Motor1 em Campos do Jordão (SP), o novo Ford Equator Sport substituirá o Territory no Brasil assim como tem sido feito em outros países como Filipinas e Camboja. Aqui no Brasil como o nome Territory ficou um pouco manchado, é capaz que a Ford use Equator Sport para marcar a nova fase.

Diferentemente do Territory que é uma versão reestilizada e modificada de um Yusheng S330, o Equator Sport foi verdadeiramente desenvolvido pela Ford. Ele é a versão curta do Equator, lançado no ano passado. Assim como o Territory, a joint-venture com a JMC ajudou no desenvolvimento, mas agora a história é diferente.

Ford Equator Sport [motor1]
Ford Equator Sport [motor1]
Além de um visual genuinamente Ford com direito aos faróis divididos e grade ovalada idênticos aos do novo Fusion, ele tem lanternas traseiras com três filetes verticais para remeter ao Mustang. Por dentro, visual horizontalizado e acabamento refinado, com direito a duas telas paralelas de 12,3 polegadas.

Ford Equator Sport [divulgação]
Ford Equator Sport [divulgação]
Na China, ele conta com motor 1.5 quatro cilindros turbo de 170 cv e 26,5 kgfm de torque. Um propulsor bem mais moderno (e feito pela Ford), ao contrário do Territory que entrega 150 cv e 22,6 kgfm. O câmbio é automatizado de dupla embreagem com sete marchas contra o CVT do Territory.

Ford Equator Sport [divulgação]
Ford Equator Sport [divulgação]
Como a Ford tem demorado a lançar novos carros no Brasil, o Equator Sport deve ficar somente para 2023. Esse é o primeiro flagra do modelo por aqui, indicando que seus testes começaram agora. Dado o fato de que o Mustang Mach-E é flagrado há tempos no Brasil e ainda não foi lançado, o substituto do Territory pode demorar.

>>Dona da Jaguar Land Rover compra fábrica da Ford e fará carros elétricos

>>Ford terá de pagar R$ 33 milhões a vítima de acidente em Mustang

>>Territory SEL: por que o SUV é reflexo do futuro da Ford? | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar