Destaque Novidades

Hyundai parte para briga com BMW Série 3 com novo Genesis G70

Pesada reestilização no modelo mais barato da Genesis coloca a Hyundai na briga com BMW Série 3, Mercedes-Benz Classe C, Audi A4 e Volvo S60
Genesis G70 é o modelo de entrada da marca controlada pela Hyundai [divulgação]
Genesis G70 é o modelo de entrada da marca controlada pela Hyundai [divulgação]

Emancipada da Hyundai em 2015, a Genesis finalmente soltou as últimas amarras que tinha com a fabricante do HB20. O renovado G70 é o último modelo a receber a nova (e polêmica) identidade visual da marca de luxo que agora não mais se aproxima dos Hyundai. Com o G70, a Genesis briga com BMW Série 3, Mercedes-Benz Classe C, Audi A4 e Volvo S60.

Como parte principal da nova identidade visual da Gensis, o sedã de luxo recebeu faróis pequenos e divididos com LEDs na parte central formando um T (uma abordagem próxima do que a Volvo faz, mas não totalmente igual). A grade frontal tem inspiração no logotipo da marca controlada pela Hyundai, mas mais parece um coração.

Genesis G70 [divulgação]
Genesis G70 [divulgação]
Na traseira o Genesis G70 ganhou lanternas igualmente divididas, mas não invadindo a tampa do porta-malas como em seus irmãos G80 e G90, além do SUV GV80. A tampa traseira é praticamente lisa, com o nome Genesis escrito em letras garrafais ao centro, ocupando o espaço onde antes ficava a placa de identificação.

Por dentro há novos matérias, central multimídia maior com tela de 10,25 polegadas mais larga que a de 8 polegadas usada antes, carregamento de celular por indução, painel de instrumentos totalmente revisto e novas tecnologias. Por fora ele traz as novas cores Azul Tasman, Marrom Sedona e o tom fosco Prata Bond.

Usando a mesma plataforma do esportivo Kia Stinger, o Genesis G70 2021 ganhou novo sistema de tração integral Dynamic AWD que conta com modo drift. Nessa configuração, o motor manta mais força para as rodas traseiras, além de deixar a transmissão mais arisca.

Genesis G70 [divulgação]
Genesis G70 [divulgação]
Já no novo modo Sport+, o sistema de escape abre as válvulas e deixa o som mais encorpado e esportivo, além de deixar a transmissão mais rápida e liberar toda força do motor 3.3 V6 biturbo de 365 cv. Há ainda um 2.5 quatro cilindros turbo substituindo o antigo 2.0, que agora traz 290 cv para debaixo do capô do sedã de luxo da Hyundai.

Não há planos para venda da Genesis no Brasil, apesar de a importadora CAOA já ter ensaiado diversas vezes trazer a divisão mais refinada da Hyundai para o nosso país.

>>Avaliação: Volvo S60 T8 R-Design é canivete sueco melhor que os rivais

>>Como seria se BMW, Audi e Alfa Romeo fizessem vans?

>>Polêmica: Hyundai contesta Latin NCAP e investigará 1 estrela do HB20

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar