Novidades

Nissan homenageia idosos que não podem mais dirigir

Motoristas puderam acelerar um GT-R de 550 cv num autódromo
Nissan GT-R (Reprodução)
Nissan GT-R (Reprodução)

Para muitos, dirigir é um dos maiores prazeres, e nesses casos a “aposentadoria do volante” pode ser bem dolorosa quando se atinge a chamada “melhor idade”. É que embora o Código de Trânsito Brasileiro não imponha uma idade limite para motoristas, quem tem mais de 65 anos deve obrigatoriamente realizar teste físico a cada três anos para renovar a CNH – e quando esse momento chega, muitos acabam não passando no teste e se veem obrigados a aposentar a chave.

Idosos puderam pilotar o Nissan GT-R (Reprodução)

Aí que entra a Nissan com uma iniciativa bem bacana para prestar a homenagem a quem já passou dos 60 anos, mas sempre teve o ato de dirigir como um símbolo de liberdade. Na ação “A Grande Despedida”, idosos que perderam a CNH pegaram carona a bordo de um Nissan GT-R.

Depois de acompanharem o piloto no banco do passageiro, os idosos foram presenteados com a maior das surpresas: o direito de pisar fundo e dirigir pela última vez, só que nada menos que um superesportivo de 550 cv e 64,5 kgfm de torque num autódromo, sem se preocupar com as leis de trânsito, curtindo apenas o momento. Demais, não?

Sobre o autor

Avatar

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva