Destaque Mercado

Os 5 carros elétricos mais baratos do Brasil

Atualmente, os carros elétricos começaram a fazer bastante sucesso e tem alguns deles com preços bem competitivos no mercado
BYD Dolphin [Auto+ / João Brigato]
BYD Dolphin [Auto+ / João Brigato]
Compartilhar

Quando nasceram, os carros elétricos eram um nicho bem pequeno e restrito à conceitos e para poucas montadoras. Atualmente, existem países que vendem mais desses modelos do que aqueles movidos a combustão. Só que aqui no Brasil, estamos vivendo uma verdadeira revolução dos carros elétricos desde a chegada do BYD Dolphin.

O hatch elétrico da BYD fez com que todos os concorrentes diretos, e até alguns indiretos, baixassem o preço rapidamente. Como vendem cada dia mais, conheça nessa lista quais deles são os mais baratos atualmente no território brasileiro.

CAOA Chery iCar – R$ 119.990

carro elétrico mais barato do Brasil
CAOA Chery iCar [divulgação]

Mais barato que os SUVs compactos, o iCar é um microcarro de duas portas e ostenta o título menor carro à venda no país. Ele é equipado com um motor elétrico de 61 cv e 15,3 kgfm de torque. As baterias de 30 kWh, proporcionam uma autonomia de 282 km. O tempo de recarga em uma Wallbox é de 5 horas e numa tomada doméstica de 220V, o tempo aumenta para 11 horas.

Jac E-JS1 – R$ 126.900

carros elétricos
JAC E-JS1 [Auto+ / João Brigato]

Ele queria ser um dos carros elétricos mais baratos do país, mas ficou em segundo lugar. Produzido pela join venture Si Hao, entre a Volkswagen e a JAC Motors, o E-JS1 tem motor de 62 cv e 15,3 kgfm de torque. A bateria de 30,2 kWh, permite autonomia de 161 km. Para recarregá-la numa Wallbox de 7kW, leva cerca de 3h30 para ir de 20% até 100%.

Renault Kwid E-Tech – R$ 139.990

Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]
Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]

Derivado do subcompacto francês, o Kwid elétrico tem desenho aventureiro e ainda assim se mantém bastante tecnológico. Tem um motor elétrico de 65 cv e 11,5 kgfm de torque. A bateria tem capacidade de 27 kWh, a qual proporciona autonomia de 185 km. Em um carregador rápido, ele precisa de 40 minutos para ir de 0% até 100% ou 9 horas se for conectado em uma tomada doméstica de 220V.

Jac E-JS1 City Cargo – R$ 145.900

JAC E-JS1 City Cargo [divulgação]
JAC E-JS1 City Cargo [divulgação]

Se você busca um carro elétrico voltado para o trabalho, o mais barato deles é o E-JS1 City Cargo. Não tem bancos traseiros e nem tampão do porta-malas. Dessa forma, sua capacidade de carga é de 1.200 litros. Seu propulsor é igual da variante normal, com 62 cv, 15,3 kgfm de torque, bateria de 30,2 kWh e autonomia de 161 km.

BYD Dolphin sem nome ou Diamond – R$ 149.800

Ele fez um rebuliço por onde passou e é o pesadelo de diversas montadoras. Foi graças ao Dolphin, que os carros elétricos ficaram mais baratos. Seu propulsor elétrico tem 96 cv e 18,4 kgfm de torque. Sua bateria Blade de 44,9 kWh permite uma autonomia de 291 km, a maior de toda essa lista. Caso você queira um modelo mais discreto, opte pelo Diamond, o qual é todo pintado de preto.

Você gosta dos carros elétricos? Teria ou tem um na sua garagem? Conte nos comentários

>>Toyota já começa a testar Hilux elétrica em situações reais

>>Ford declara guerra à Honda, Toyota e Tesla

>>Quais as diferenças entre o Citroën C3 brasileiro e o europeu?

Sobre o autor

Felipe Yamauchi

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa
Este site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso serviço você aceita tal monitoramento. Para mais informações leia nossa