Especial Novidades

Chevrolet S10: 25 anos de Brasil

Picape passou a ser produzida no Brasil em março de 1995 e é sucesso de vendas até hoje
Chevrolet S10 1995 (divulgação)
Neste mês a Chevrolet S10 completa 25 anos de vendas no Brasil. Sim, em março de 1995, a picape média – cujo comercial televisivo você confere abaixo – passou a ser produzida no país. A base era do modelo norte-americano, porém, com dianteira modificada. 

Das linhas e mecânica originais, restam apenas a memória. Lá atrás, para você ter ideia, a picape tinha medidas semelhantes à Toro, que hoje se tornou sucesso de vendas para a Fiat justamente por oferecer vantagens como tamanho reduzido e pegada de carro de passeio. 

No começo, a S10 era vendida só na configuração cabine simples, e as versões Standard e Deluxe carregavam o motor 2.2 EFI de 106 cv movido a gasolina. Modesto, não? Mas seu sucesso foi tanto que, até hoje, há centenas de clubes por todo o país. 

Fatos relevantes 

No comecinho da década de 1990 era difícil ver caminhonetes de menor porte por aqui, afinal, picapes médias como Nissan Frontier, Toyota Hilux e Mitsubishi L200, por exemplo, aterrissaram no país só depois da reabertura das importações, quando o brasileiro pode dirigir modelos mais confortáveis que as grandalhonas D20, F1000 e companhia. 

Como primeira picape média feita em solo nacional, a S10 nadava de braçada no mercado, mas faltava ali um motor mais robusto. E foi aí que, em outubro do mesmo ano, a GM decidiu oferecer o motor de 2,5 litros turbodiesel Maxion HST. Na sequência, mais atrações, como a chegada da versão de cabine estendida e o propulsor 4.3 V6.

Já em 1996, outra boa novidade para o mercado brasileiro e derivada da S10: a Blazer. Destaque para seu espaço interno, as quatro portas e o vidro lateral traseiro, que dava a ideia de fusão com o vidro de trás, rendendo mais modernidade estética. A aceitação do utilitário foi tanta que, como sucessor natural da saudosa Veraneio, caiu nas graças do brasileiro e passou a fazer muito sucesso também como parte da frota de viaturas da polícia. 

Séries especiais 

De lá para cá, destaque para as séries especiais, como Champ (alusiva a Copa de 1998) e Rodeio, lançada pela primeira vez no início dos anos 2000. Contou também com uma edição comemorativa ao Rally dos Sertões, em 2002.  

Hoje, na segunda geração, a S10 só perde em vendas para a líder Toyota Hilux, com a média de 2.000 unidades/mês, de acordo com dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).  

No total, a picape média oferece seis versões de acabamento (LS, Advantage, LT,Midnight, LTZ e High Country), as opções de cabine simples, dupla e chassis cab e as motorizações 2.8 TurboDiesel e 2.5 SIDI Flex. A transmissão pode ser manual ou automática, e a tração 4×2 ou 4×4 com reduzida. 

Veja mais:

>> Landtrek: conheça a 1ª picape média da Peugeot

>> Avaliação: Ranger Limited traz tecnologia de sobra

>> Conheça essa Hilux com motor V8 de C63 AMG

Sobre o autor

Vagner Aquino

Vagner Aquino

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Encontre peças e acessórios