Destaque Novidades

Chevrolet Silverado EV quebra tradições da picape que vem ao Brasil

Enquanto Silverado com motores diesel e gasolina será vendida no Brasil neste ano, a versão elétrica só surge nos EUA em 2023
Chevrolet Silverado EV WT [divulgação]
Chevrolet Silverado EV WT [divulgação]

A Chevrolet fala sério quando diz que vai se transformar em uma marca de carros 100% elétricos. Por isso resolveu mostrar seus dois modelos mais vendidos globalmente em suas novas gerações eletrificadas. Além do SUV médio Equinox, a Silverado também será vendida em variante EV.

Agora totalmente elétrica, a Silverado EV rompe algumas tradições do modelo clássico. Começa pelo fato de que a atual Chevrolet Silverado, que será vendida em 2022 no Brasil conforme antecipou o Auto+, tem base chassi sob cabine. O modelo elétrico é monobloco.

A base é a GM Ultium, a mesma do Equinox EV, GMC Hummer EV e Cadillac Lyriq. Com isso, a Silverado elétrica é capaz de atingir pelo menos 640 km de autonomia. Mas o grande destaque vai para o sistema de dois motores elétricos que rendem 673 cv e absurdos 108,4 kgfm de torque.

Chevrolet Silverado EV RST [divulgação]
Chevrolet Silverado EV RST [divulgação]
E as quatro rodas podem esterçar, mas a Chevrolet não disse se haverá modo caranguejo da GMC Hummer. Graças ao modo WOW (Wide Open Watts) a Silverado chega aos 100 km/h em apenas 4,5 segundos – mais rápido que muito esportivo metido à besta. Com carregadores rápidos de 350 kW, a picape grande recupera 160 km de autonomia em apenas 10 minutos.

Trabalho, passeio e off-road

Por enquanto a Chevrolet Silverado EV será vendida em três versões. O modelo de entrada é a Silverado WT, que será lançada já em 2023. Ela é voltada ao trabalho, com para-choques pretos, rodas de aço, maçanetas e retrovisores sem pintura, além de um interior mais simples com central multimídia menor e pouco refinamento.

Por ela, a Chevrolet cobrará US$ 39.900 (R$ 227.545). Haverá opção de um motor mais fraco com 517 cv e 85,1 kgfm de torque. O modelo básico terá capacidade de carga de 590 kg na caçamba e de 3.630 kg de reboque. Mas a opção WT Fleet subirá o nível para 9.071 kg de reboque e 1.000 kg na caçamba.

Logo acima vem a versão RST e sua edição de lançamento RST First Edition (que traz todos os opcionais como item de série, além de teto preto). Nessa versão, a Silverado ganha para-choques pintados, interior mais refinado, eixo traseiro esterçante e suspensão ajustável.

O item mais legal, no entanto, é a caçamba. Por ser monobloco, ela resgatou um sistema usado na antiga Chevrolet Avalanche e que a Volkswagen ia usar na Tarok. O vidro traseiro se esconde no fundo da caçamba, que pode ser dobrada junto dos bancos traseiros. Assim, as cargas invadem a cabine, aumentando a área útil.

A Silverado RST chega somente em 2024 com preços chegando a US$ 105.000 (R$ 598.920) na First Edition. Por fim, ainda haverá a versão off-road Trail Boss. A Chevrolet não revelou preço, dada de lançamento ou qualquer outra informação. Apenas mostrou que o visual terá para-choques pretos, pneus off-road e detalhes em cinza e vermelho.

Chevrolet Silverado EV Trail Boss [divulgação]
Chevrolet Silverado EV Trail Boss [divulgação]

>>Chevrolet testa SUV cupê derivado do Onix e Tracker

>>Exclusivo: Chevrolet Silverado chega ao Brasil em 2022 com motores diesel e V8

>>Chevrolet mata Onix antigo, S10 flex, além de versões de Tracker e Spin

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva