Destaque Mercado Novidades

Chevrolet Silverado chega em outubro, mas sem motor diesel

Picape grande fabricada no México, a Chevrolet Silverado retorna para aquecer um segmento que até pouco tempo nem existia mais
Chevrolet Silverado [divulgação]
Chevrolet Silverado [divulgação]

A Chevrolet Silverado não é um nome com boas recordações para a divisão brasileira da GM. No entanto, cerca de 20 anos depois de ter sido a última picape grande vendida pela marca da gravata dourada no Brasil, o modelo vai voltar em breve para o mercado brasileiro para encarar os modelos da RAM e a Ford F-150.

De acordo com os colegas do Motor1, a Silverado volta a ser vendida no Brasil ainda em 2022. E por ser fabricada no México, a picape pode ser importada sem pagar os impostos que as concorrentes pagam, já que as rivais são fabricadas nos Estados Unidos.

Dessa forma, existe a possibilidade de a Chevrolet Silverado custar menos que as concorrentes. Só que como nem tudo são flores, o contraponto é que a picape da Chevrolet só deve contar com motor V8 a gasolina. Nos EUA, o modelo é equipado com o 5.3 de 360 cv e o 6.2 de 426 cv, sempre acompanhados pela tração 4×4 e pelo câmbio automático de 10 marchas.

Chevrolet Silverado [divulgação]
Chevrolet Silverado [divulgação]
E o motivo da ausência do motor diesel é por conta da capacidade de carga da picape. Como deve ser importada na versão 1500 com cabine dupla, justamente para encarar a RAM 1500, a Silverado pode carregar no máximo 880 kg de carga. Para poder utilizar um motor diesel no Brasil, esse número precisa superar a 1 tonelada. 

Dessa forma, não teria possibilidade de vender a picape com o propulsor a diesel. Por outro lado, caso o principal alvo da Silverado seja a RAM 1500, o embate será mais propício, já que a picape da Stellantis só conta com motor a gasolina também. Apenas as maiores RAM 2500 e RAM 3500 é que contam com motorização a diesel. 

Chevrolet Silverado [divulgação]
Chevrolet Silverado [divulgação]

Chevrolet Silverado High Country

Outra informação levantada pelo Motor1 é em relação à configuração escolhida para o Brasil. De acordo com o site, a Silverado só deverá ser importada na versão High Country, topo de linha do modelo. Nos EUA, a versão custa US$ 65.395 (cerca de R$ 340 mil, no câmbio atual). Como uma S10 High Country já custa mais de R$ 300 mil, a Silverado não deve chegar por menos de R$ 400 mil. 

>> Nissan desiste da lutar com RAM 1500 e de mais picapes além da Frontier

>> Chevrolet Silverado EV quebra tradições da picape que vem ao Brasil

>> Ford F-150 Raptor ganha motor V8 de Mustang e novo sobrenome

 

Sobre o autor

Leo Alves

Comente

Clique aqui para comentar