Destaque Novidades

Fiat terá novos motores Firefly 1.0 e 1.3 turbo

Novos propulsores devem ser usados no Argo e Cronos
Fiat Argo 1.0 (divulgação)

O Grupo FCA revelou no Simpósio Internacional de Motores em Viena, na Áustria, a sua nova família de motores: Firefly turbo! Conhecido como GSE (Global Small Engine) no mercado europeu, o motor Firefly (estreou no Uno por aqui) ganhou reforço do turbocompressor e, felizmente, revelou um desempenho surpreendente.

Segundo o site Motor Talk, o novo motor Firefly turbo passa a adotar quatro válvulas por cilindro e injeção direta de combustível. Para se ter ideia do ganho de torque e potência, o motor três cilindros de 1,0 litro rende agora 120 cv e 19,3 kgfm de torque, enquanto o 1.3 quatro cilindros tem 180 cv e 27,5 kgfm de torque.

Para comparar, o motor 1.0 Firefly aspirado usado na linha Fiat por aqui gera até 77 cv e 10,9 kgfm, enquanto o 1.3 Firelfy entrega 109 cv e 14,2 kgfm.

Motor Firelfy (divulgação)

Detalhe que ambos os motores chegaram a esse desempenho com turbocompressor de fluxo único (monoscroll). No entanto, a FCA planeja para o futuro versões com turbo com fluxo duplo e até configurações eletrificadas para equiparem veículos híbridos.

Ainda de acordo com o site alemão, essas unidades motrizes serão utilizadas em modelos da Fiat, Jeep e, acredite, até nos Alfa Romeo. Segundo rumores da imprensa especializada, o Fiat Cronos seria um dos primeiros a receber o 1.3 turbo por aqui, ajustado para cerca de 160 cv. Não seria má ideia também usar esse propulsor para equipar Toro e Jeep Renegade — criticados pelo alto consumo de combustível e desempenho comedido.

Veja mais:

>> Avaliação: Uno Way 1.0 Firefly

>> Fiat Cronos: sedã aposta no preço e visual para esquentar segmento

>> Andamos no novo Fiat Argo Drive 1.0

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva