Especial Novidades

Fiat Uno: 2ª geração do hatch completa 10 anos

Sem o mesmo sucesso do original, atual geração do hatch ainda cativa pelo visual simpático
Fiat Uno Attractive (divulgação)

O Fiat Uno sem dúvida é um dos carros mais históricos à venda no Brasil, por mais que a atual geração não seja referência em vendas como foi no passado. Mas isso não impede de relembrarmos um pouco de sua história, que completa 10 anos no mês de maio. A seguir, confira os detalhes da 2ª geração do Uno, que ainda continua conquistando por seu visual simpático e racionalidade.

Fiat Uno Attractive
Fiat Uno Attractive (divulgação)

2010 – O lançamento  

Em maio de 2010 chegou a esperada 2ª geração do Uno, que se manteve praticamente igual entre 1984 e 2013, sofrendo algumas leves reestilizações ao longo de 26 anos – com a última em 2004 sendo a mais profunda. Mas voltando ao Uno de 2010, ele trazia um visual “quadrado arredondado”, um rompimento com a forma totalmente quadrada do modelo original.

Com a chegada da nova geração, o Novo Uno alcançava os 3,77 metros de comprimento, 1,63 m de largura e 1,48 m de altura. Isso significava que ele era 8 cm a mais longo, 9 cm mais largo e 2 cm mais alto que o antigo Uno. De contrapartida, a capacidade do porta-malas caiu de 290 litros para 280 litros. Os motores eram o 1.0 Fire Evo de até 75 cv e 1.4 de até 88 cv – o mesmo usado pelo Palio.

 

Fiat Uno
(divulgação)

2011 – Chega a versão 2 portas e versão Economy

Sim, em 2010 a Fiat tinha lançado o novo Uno com apenas quatro portas e quatro versões de acabamento. Mas isso seria corrigido no ano seguinte, quando o hatch ganhou a carroceria com duas portas para todas as versões, incluindo a variante com visual esportivado Sporting – essa bem rara de achar nessa configuração.

 

Fiat Uno Itália
Fiat Uno Itália (divulgação)

2012 – Airbag e freios ABS de série / Série Especial: Uno Itália

Em novembro de 2012 a 2ª geração do Uno ganhava sua primeira especial: Itália. Ela se diferenciava pelas novas rodas de liga-leve de 14 polegadas, faróis com máscara negra e sigla Uno com tema da Itália, cujo adesivo da bandeira do país também aparecia na coluna C do hatch. Havia também bancos com novo revestimento e bordados Itália.

No mês seguinte, o novo Uno ainda ficou mais seguro ao adotar airbag duplo frontal e freios com sistema antitravamento ABS.

Fiat Uno Way Xingu
Fiat Uno Way Xingu (divulgação)

2013 – Série Especial: Uno Way Xingu

A série especial Xingu chegava em 2013 para as versões Way do novo Uno. Com isso, a configuração com apelo aventureiro do hatch trazia adesivos laterais e na tampa do porta-malas em alusão a nova série limitada. Melhor mesmo era a adição de novos itens de série como direção hidráulica, faróis de neblina, computador de bordo e ar-condicionado

 

2013 – Série Especial: Uno College

Pouco lembrada, a série especial College estreou em 2013 para o Uno Vivace com motor 1.0 e quatro portas. Ele contava com acabamento de gosto duvidoso e recebia mais equipamentos de série – como é de praxe nas séries especiais. Visualmente, o Uno poderia vir nas cores branco Banchisa e azul Vitality, sempre com os retrovisores, as maçanetas e os anéis da grade dianteira na cor vermelha. Para contrastar ainda mais, ele trazia rodas pintadas de branco. O rack de teto vinha da versão aventureira Way.

Por dentro, a salada de cores também marcava presença: o novo tecido dos bancos tinha detalhes nas cores azul e vermelho, a moldura central do painel era na cor azul enquanto as molduras das saídas de ar eram pintadas de vermelho – mesma cor usada na parte superior do volante de couro e nas maçanetas internas. Já os puxadores eram azuis.

 

Uno Evolution
Fiat Uno Evolution (divulgação)

2014 – 1ª Reestilização

Em 2014 o Uno entrava na linha 2015 com uma discreta reestilização, que na época visavam trazer um ar de novidade para o hatch. Os faróis perderam as setas quadradas, os para-choques foram redesenhados com um ar mais esportivo, enquanto as lanternas receberam um novo arranjo interno e acabamento fumê.

Painel Sporting Dualogic
Fiat Uno Sporting Dualogic (divulgação)

Por dentro, o painel também foi redesenhado e ganhou uma montagem melhor, além de acabamento mais bem cuidado e computador de bordo com tela de 3,5 polegadas no painel de instrumentos. Por fim, o Uno 2015 foi o responsável por estrear o sistema start-stop entre os carros de entrada no Brasil. Sem sucesso nos carros mais caros da marca, o câmbio Dualogic Plus aparecia pela primeira vez no Uno com botões no console, sem manopla de câmbio.

 

 Uno Way 1.3 - motor
Fiat Uno Way 1.3 (divulgação)

2016 – Novos motores Firefly

Com histórico de inovações dentro da gama Fiat, o novo Uno foi o modelo escolhido pela marca para estrear a nova família de motores Firelfy, que hoje é usado por Argo e Cronos. Em 2016 o Uno estreou o motor 1.0 1.0 três cilindros de até 77 cv e 10,9 kgfm, uma evolução em relação ao famigerado 1.0 Fire Evo de até 75 cv e 9,9 kgfm de torque.

A outra opção (hoje já fora do catálogo do Uno por conta do seu reposicionamento) era o 1.3 quatro cilindros, que rende até 109 cv e 14,2 kgfm de torque, números que garantiam um comportamento bastante esperto para o hatch.

Embora os números não saltem os olhos, vale lembrar que a dupla de motores é elogiada por entregar maior torque em baixas rotações e um bom consumo de combustível.

Veja mais: 

>> Fiat Argo Trekking ganha versão 1.8 e câmbio automático

>> 21 anos de Strada: a história da picape da Fiat

>> Aniversário: Fiat Prêmio completa 35 anos

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar