Destaque Mercado Novidades

IPI para carros novos sofre nova redução, mas preços vão baixar?

Governo decide reduzir novamente a alíquota do IPI para carros novos, mas reflexos nos valores deve ser pouco
GR Sport
Toyota Corolla Cross GR Sport [divulgação]

O IPI para carros novos foi novamente reduzido pelo governo brasileiro nos últimos dias. A medida foi publicada no decreto federal nº 11.158, e determinou que a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados sofresse um novo desconto, que aumentou em 6,25% em relação ao desconto anterior e passasse a ser de 24,75%.

Porém, por mais que pareça ser uma redução considerável no papel, na prática o impacto no preço dos carros será praticamente nulo. De acordo com alguns especialistas, a redução nos preços deverá ser de no máximo 1% no valor final dos veículos.

No entanto, é necessário esperar que as marcas divulguem os novos preços, para saber efetivamente de quanto foi a redução. Uma das primeiras foi a Toyota, que divulgou os valores atualizados para o sedã Corolla e para o SUV Corolla Cross. E, de fato, as reduções não foram tão grandes.

Toyota Corolla GR-S 2023 [divulgação
Toyota Corolla GR-S 2023 [divulgação]
No caso do Corolla, os preços caíram para as versões 2.0. As versões GLi, XEi e Altis Premium tiveram um desconto de R$ 300, e agora custam R$ 146.790, R$ 153.490 e R$ 175.990, respectivamente. Já o modelo GR-S teve um desconto maior, de R$ 1.200, e agora custa R$ 175.390.

O Corolla Cross também teve descontos apenas nas versões 2.0. A versão XR foi a que teve a maior redução, de R$ 1.090, passando a custar R$ 157.690. As versões XRE e GRS estão R$ 200 mais baratas, tendo o preço sugerido de R$ 171.990 e R$ 190.390, respectivamente. Já a GRS Dual Tone está R$ 100 mais barata, passando a custar R$ 192.090.

Toyota Corolla Cross [divulgação]
Toyota Corolla Cross [divulgação]
Esses valores divulgados pela Toyota tem como base Brasília e podem ser diferentes em estados com o ICMS mais alto, como é o caso de São Paulo. Porém, é possível observar que as alterações são pequenas e não impactam tanto o valor dos carros.

Sem contar que na outra redução do IPI, feita há alguns meses, o efeito da queda nos preços durou pouco, já que algumas montadoras, como a Fiat, atualizaram os valores e o aumento praticamente invalidou a redução do imposto.  

>> Novo Honda HR-V 2023: preços, versões e equipamentos

>> Novo Kia Sportage: preços, versões e novidades

>> Fiat Argo 2023: preços, versões, equipamentos. Mas cadê o CVT?

Sobre o autor

Leo Alves

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Corrigiram a injustiça que foi cometida no final de abril, quando não reduziram a dos carros de passeio !
    Falta ainda reduzir o II (Imposto de Impoertação) de 35% para 20% (TEC – Tarifa Externa Comum Mercosul) !

  • Sou favorável a zerar o imposto de importação para forçar a redução do preço dos “carros nacionais”.
    Obs: nacionais entre parênteses mesmo, afinal são montados com mais peças importadas do que nacionais!