Destaque Novidades Serviço

Latin NCAP ganha novos protocolos e testes

Teste do Alce e nova classificação passarão a valer em dezembro
Teste Toyota RAV4 (divulgação)

Um dos testes mais temidos pelas montadoras – o teste do Alce – já reprovou inúmeros SUVs e picapes, mundo afora. Agora, o Latin NCAP vai passar a utilizar esse parâmetro na hora de testar os carros vendidos por aqui.

Fiat Toro (divulgação)

O teste extra começará a valer a partir do dia 10 de dezembro, e terá validade de 4 anos – assim como ocorre com o Euro NCAP, que a cada 4 anos acrescenta novos parâmetros de segurança nos seus testes.

Crash Test Volkswagen Fox (divulgação)

O teste do Alce foi originalmente criado na Suécia – onde existe uma população de alces bem ativa – e que tem como objetivo avaliar o comportamento do veículo em manobras evasivas. Além disso, o teste serve para verificar o comportamento do veículo em evitar com segurança obstáculos repentinos, como animais atravessando a estrada.

Ford Ka vai mal em teste de impacto lateral (divulgação)

Geralmente, essas provas são realizadas com desvios bruscos de rota em velocidades graduais, que variam entre 30 km/h e 70 km/h, de modo a levar a suspensão ao limite com a transferência de peso de um lado para o outro. Além do teste, a entidade vai alterar o sistema de classificação de estrelas.

A partir de dezembro, o parâmetro adotado aqui, seguirá o que é encontrado no Euro NCAP. Em outras palavras, haverá somente uma classificação, de 0 a 5 estrelas, ao contrário do modelo atual que classifica de forma separada as estrelas para adultos e crianças.

Nissan Frontier Latin NCAP (divulgação)

Assim, será criado um sistema de porcentagem para indicar os resultados de cada categoria (adulto, crianças, proteção para pedestres e assistentes de condução). Por fim, o Latin NCAP explica que os veículos testados nos últimos 9 anos seguirão com os resultados obtidos na época das avaliações.

Fiat Argo Latin NCAP (divulgação)

No entanto, o órgão será mais rigoroso quanto ao uso dos resultados em campanhas publicitárias, devendo as montadoras informar a qual protocolo se referem. Além disso, os resultados só poderão ser usados em publicidade nos quatro anos após a avaliação, sendo vedada a utilização após esse prazo.

Veja mais:

>> Latin NCap: Jetta e Tiguan gabaritam o teste

>> Latin NCAP: Cruze, Hilux e SW4 conseguem 5 estrelas

>> Fiat Argo e Cronos atingem 3 estrelas no Latin NCap

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva