Destaque Novidades

Nissan Sentra morre no Brasil e nova geração ainda não é certeza

Sedã médio rival do Toyota Corolla e que “não tem cara de tiozão” sai de linha no Brasil. Nova geração do Nissan Sentra ainda é dúvida
Nissan Sentra (divulgação)

O mercado de sedãs médios no Brasil sofreu mais uma baixa. Dominado pelo Toyota Corolla, o segmento não tem mais o Nissan Sentra como um dos concorrentes. O modelo é indiretamente substituído pelo Versa, que tem preços semelhantes. A nova geração ainda é dúvida.

Lembrado pelo icônico comercial “não tem cara de tiozão”, o Sentra andava bastante esquecido no mercado nacional. Sem muitas atualizações e pouca divulgação, ele foi perdendo espaço nos últimos tempos. Alguns meses ele chegou a vender zero unidades, mostrando que o estoque estava acabando.

A Nissan formalizou o fim da carreira do Sentra no Brasil ao retirar o modelo de seu site. Indiretamente o Versa toma seu lugar, dada a proximidade de preços. O Sentra era oferecido em três versões com preços entre R$ 91.090 e R$ 108.990. Vale lembrar que o Versa Exclusive custa R$ 99.990.

Nissan Sentra (divulgação)

Todas as versões do Nissan Sentra comercializadas no Brasil eram oferecidas com motor 2.0 quatro cilindros aspirado de 104 cv e 20 kgfm de torque. A transmissão CVT era regra em todas as variantes e acompanhava o sedã desde sua geração anterior.

Nova geração: vem ou não?

A aposentadoria do atual Sentra no mercado brasileiro era mera questão de tempo. Como ele era produzido no México, contávamos apenas com estoques do modelo para comercializar no Brasil. Por lá, a nova geração já entrou em produção há um certo tempo e abastece todo mercado norte-americano.

Nissan Sentra 2021 (divulgação)

Maior, mais sofisticado e mais esportivo, o novo Nissan Sentra ainda é dúvida para o mercado brasileiro. O modelo pode chegar importado em versão única e com preços na faixa dos R$ 120 mil – justamente onde a maioria dos sedãs médios está. Caso venha, manterá o conjunto mecânico do modelo que foi aposentado.

>>Nissan Kicks Exclusive é, entre os SUVs, quase imbatível | Avaliação

>>Versa Exclusive: de carro de Uber à referência – Avaliação

>>Nissan para produção de Kicks e V-Drive no Brasil por causa do Covid

Sobre o autor

João Brigato

10 Comentários

Clique aqui para comentar

  • vai deixa saudade carro muito bom pessima noticia 😥 povo brasileiro gosta mesmo de carroça de hb20 por isso como brasileiro não quer mais sedan medio só quer sucata de hb20 e onix um q vai logo a oficina outro q pega fogo isso !!! vai deixar saudades carro muito bom eleito melhor sedan medio agora ta indo embora vai deixar sdds

    • Tenho um 2013 B16 excelente carro. Estou com ele até hoje!! Está com 38300 km rodados. Não dá trabalho.
      São 143 cavalos e não 104

  • Excelente carro, nunca tive o Sentra mais sou fã do fluence que compartilha boa parte da sua estrutura e mecânica do Sentra, e um verdadeiro tanque de guerra, tenho dois fluence um dinamique e um gt a anos e os dois nunca me deram problemas sómente manutenção,e vale lembrar que os mesmos são 140 cavalos a reportagem aponta 104. E uma pena tomara que venha a nova geração para o Brasil.

  • Tenho um 2017 SL carro excelente, com itens de série melhores que os da concorrência espero que a geração 8 venha para o Brasil.

  • Tive um 2008 e agora tenho um 2014 desde zero só tenho a elogiar ,tomara que essa versão atual venha p o Brasil

  • O Sentra tem 140 CV tenho 2 são maravilhosos, um 2009 mecânico 6 marchas, New Sentra SV 2014 CVT super econômicos já estrada e no uso urbano.