Destaque Especial Novidades

Novo Toyota Supra: esportivo renasce com DNA alemão

Apresentado no Salão de Detroit, modelo traz motor seis cilindros BMW com 340 cv
Toyota Supra (divulgação)

Depois do conceito FT-1 apresentado há cinco anos e inúmeros teasers e fotos vazadas, a quinta geração do Toyota Supra finalmente foi revelada no Salão de Detroit, nos Estados Unidos. Batizado com o código A90, o novo esportivo japonês renasce quase 17 anos depois do Supra de quarta geração – que ficou conhecido pela presença em games como Gran Turismo (Playstation) e no filme Velozes e Furiosos.

Visualmente, a quinta geração do Toyota Supra pode não agradar os entusiastas do modelo anterior, já que o novo cupê tem linhas que lembram mais um Lexus do que propriamente o Supra original. Prova disso é que ele traz faróis mais estreitos com luzes diurnas de led que se prolongam na parte inferior, bem como para-choque com entradas de ar grandes. A maior referência aqui ao modelo antigo é o capo mais liso e com a grade fechada. E só.

A traseira do esportivo também traz ares da divisão de luxo da Toyota, trazendo lanternas afiladas e com luzes leds. Bacana a tampa traseira redonda com spoiler integrado, bem como o para-choque traseiro com difusor e duas saídas de escapamento. Há ainda rodas de 19 polegadas.

Toyota Supra (divulgação)

Para quem não sabe, o Supra de 5ª geração tem sangue alemão, já que foi desenvolvido em parceria com a BMW – no qual o resultado dessa aliança saiu o novo Z4. Vale lembrar: ambos são produzidos na fábrica da Magna Steyr, na Áustria.  Basta dar uma olhada na cabine para ver que há uma herança bávara, trazendo painel de instrumentos digital, central multimídia destacada no painel com tela de 8,8 polegadas e câmbio automático de oito marchas da empresa ZF.

A plataforma tem distância entre-eixos de 2,47 metros e uma boa distribuição de peso na proporção 50:50, o que garante boa dinâmica do carro mesmo com seus 1.545 kg na balança. Para dar aquela ajudinha na hora de dirigir mais forte, o modelo traz diferencial ativo para controlar o torque lateral e suspensão com amortecedores adaptativos.

Toyota Supra (divulgação)

Debaixo do capô também pulsa um coração alemão: o novo Supra traz motor seis cilindros em linha 3.0 turbo que rende 340 cv e 51 kgfm de torque, basicamente a mesma força do Z4 na versão M40i. No novo Supra, o conjunto seis-em-linha é capaz de levar o esportivo nipônico de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e atinge a velocidade máxima (limitada eletronicamente) de 250 km/h. No Japão também haverá versões mais mansas com motor 2.0 turbo com duas calibragens: com 197 cv ou 258 cv, dependendo a versão.

Com essas credenciais, o novo Supra é o Toyota mais rápido feito atualmente e pretende buscar o mesmo sucesso do seu antecessor. Resta saber se o DNA alemão será aceito pelos mais puristas que amavam o icônico motor 2JZ-GTE.

Veja mais:

>> Vídeo: Toyota divulga ronco do motor do novo Supra

>> Jeep Wrangler 2JZ-GTE: um jipe com motor de Supra e 355 cv

>> Nissan GT-R50: a reencarnação do “Godzilla” em versão limitada

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva