Curiosidades Destaque

Os outros HB20 da Hyundai espalhados pelo mundo

Enquanto o Brasil se prepara para a chegada do HB20 2023, a Hyundai tem outros quatro compactos que cumprem seu papel lá fora
Hyundai HB20 [divulgação]
Hyundai i20 [divulgação]

Um carro como o Hyundai HB20 não tem como ser mais brasileiro. Afinal, o B em seu nome significa Brasil, enquanto o H é de Hyundai. Só que com um hatch compacto tão tupiniquim assim, o que faz a marca sul-coreana para atuar no segmento de compactos lá fora?

Apesar de ser uma marca global e contar com diversos modelos que são vendidos iguais em praticamente todos os mercados em que ela atua, o segmento de compactos é abastecido por cinco modelos: Hyundai HB20, i20, Verna, Solaris e Accent. Desses, todos menos o compacto brasileiro compartilham plataforma e os três últimos, na prática, são o mesmo carro.

Enquanto o Hyundai HB20 mantem a base PB, mesmo na linha 2023 que vem aí, o restante dos compactos da marca sul-coreana já usa a plataforma K2. A estrutura anterior era usada pela geração anterior do i20, do Verna, do Solaris, do Accent, enquanto a nova plataforma serve até ao Creta de nova geração.

Hyundai HB20 Sense [Auto+ / João Brigato]
Hyundai HB20 Sense [Auto+ / João Brigato]

HB20 europeu e indiano

Mas o que muda do Hyundai HB20 para seus irmãos gringos? Tudo, basicamente. O i20 é o mais próximo e deve inspirar bastante a reestilização do HB20 2023. Atualmente em sua terceira geração, ele tem visual ousado, com linhas marcantes pela carroceria, dianteira baixa e lanternas traseiras conectadas.

Hyundai i20 [divulgação]
Hyundai i20 [divulgação]
A cabine é moderna, com duas telas paralelas formando o painel de instrumentos e a central multimídia. Ele usa o mesmo volante do Creta e algumas peças compartilhadas com o SUV. Por falar nisso, recentemente deu origem ao SUV compacto Bayon, que usa a mesma fórmula do Fiat Pulse e do Volkswagen Nivus.

Hyundai i20 [divulgação]
Hyundai i20 [divulgação]
Oferecido na Europa e na Índia, o Hyundai i20 tem 4,04 m de comprimento, 1,75 m de largura e 1,44 m de altura. Comparado ao HB20, o primo gringo é 10 cm mais longo, 3 cm mais largo e 3 cm mais baixo. Ele usa os mesmos motores 1.0 turbo e aspirado do Hyundai brasileiro, mas também tem opções aspiradas 1.2 e 1.4.

Hyundai i20 N [divulgação]
Hyundai i20 N [divulgação]
Mas o grande destaque vai para o i20 N. A versão esportiva usa motor 1.6 quatro cilindros turbo de 204 cv e 27,5 kgfm de torque. O visual é apimentado com entradas de ar exageradas, rodas grandes e aerofólio. Seria demais sonhar que o Hyundai HB20 2023 ganhe uma versão N com pelo menos um motor parecido com o do i20 N?

HB20 americano

Recentemente aposentado nos EUA, mas seguindo firme e forte no México, o Hyundai Accent é a variante mais simples da família. Ele tem estilo bem parecido com o atual HB20, mas sem as ousadias e a cara de bagre do modelo brasileiro. Tem motor 1.6 aspirado igual ao que o modelo nacional descartou recentemente.

Hyundai Accent [divulgação]
Hyundai Accent [divulgação]
Diferentemente do i20, mas igual ao Hyundai HB20, o Accent tem versão hatch e sedã. Nos EUA era oferecida somente a variante de três volumes nos últimos tempos como o carro mais barato da marca sul-coreana. Em 2020, ele trocou o câmbio automático de seis marchas, igual do HB20, por um CVT que o Creta usa lá fora. A versão de entrada usa transmissão manual.

Hyundai Accent [divulgação]
Hyundai Accent [divulgação]

HB20 chinês e indiano (novamente)

Atendendo pelo nome de Verna, o Hyundai HB20 da China é, mais especificamente, irmão do HB20S. Isso porque na China e na Índia o modelo é vendido somente como sedã. A Índia ainda tem o i20 como alternativa hatch, mas a marca coreana preferiu investir no Verna como sedã por lá – na China não há um equivalente ao HB20 hatch.

HB20
Hyundai Verna Chinês [divulgação]
Esteticamente eles são bem diferentes, porém. O Verna chinês tem grade frontal filetada, faróis longos e traseira com lanternas conectadas como as que estão presentes no i20. Ele tem até um falso extrator de ar com luz central estilo modelo de competição. Já o sedã vendido na Índia segue o visual do próximo primo do HB20.

Hyundai Verna Chinês [divulgação]
Hyundai Verna Chinês [divulgação]

HB20 Russo

Com o nome de Solaris, o Hyundai HB20 da Rússia também é vendido somente em versão sedã. Ele e o Verna usam o mesmo visual e ambos são derivados do Accent. Ele é um modelo mais elegante, com faróis afilados conectados à grade frontal e para-choque bem parecido com o modelo nacional. A traseira lembra o Nissan Versa.

HB20
Hyundai Solaris [divulgação]
Tanto o Verna quanto o Solaris são vendidos com opções de motores 1.4 aspirado ou 1.6 aspirado (que já foi usado pelo HB20). Há ainda o 1.0 três cilindros em variante turbo ou aspirada, só que o modelo turbinado usa câmbio de dupla embreagem, ao contrário do HB20 no Brasil que tem opção manual ou automática, ambas de seis marchas.

Hyundai Solaris [divulgação]
Hyundai Solaris [divulgação]

>>Hyundai mata o Veloster e versão americana do HB20S

>>Acabou o segredo: esse é o Hyundai HB20 2023. Adeus bagre?

>>Hyundai HB20S: tudo joga contra ele, até a hora de dirigir | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar