Destaque Novidades

Volkswagen Nivus da Hyundai: Bayon é o novo SUV nascido de um hatch

Tendência iniciada pelo Honda WR-V e abraçada pelo Volkswagen Nivus, Hyundai Byon é um hatch transformado em SUV
Hyundai Bayon [divulgação] Volkswagen Nivus
Hyundai Bayon [divulgação]

Depois que a Honda mostrou ao mundo que transformar um hatch compacto em SUV era fácil com a dupla Fit e WR-V, o segmento se tornou tendência. A Volkswagen fez isso com o Nivus ao baseá-lo totalmente no Polo e a Fiat prepara um SUV assim tomando como ponto de partida o Argo. Agora chegou a vez da Hyundai.

O Hyundai Bayon é baseado no hatch compacto i20 – o primo europeu do HB20. Tal qual Nivus e WR-V, os Hyundai compartilham portas e para-brisa, mas as demais peças de carroceria são diferentes. Ele tem capô mais alto e robusto, com desenho levemente arredondado, contrastando com as linhas rasgadas da lateral.

Os faróis são divididos, sendo a poção superior localizada no capô e ligada por uma pequena abertura de ar. A inferior tem desenho anguloso e se funde a uma entrada de ar na parte inferior. Uma larga abertura de ar trapezoidal traz um falso quebra-mato na parte interna.

Hyundai Bayon [divulgação] Volkswagen Nivus
Hyundai Bayon [divulgação]
Ao contrário do Honda WR-V que tem estilo minivan e do Volkswagen Nivus que puxa para o lado cupê, o Hyundai Bayon tem traseira esticada e reta quase como uma perua. Já a traseira mostra que o lado ousado da marca sul-coreana continua bastante forte.

O Bayon traz lanternas em formato de bumerangue e que são ligadas por uma barra luminosa ao centro. Um aplique preto faz parecer que o vidro traseiro é dividido como no Mitsubishi Eclipse Cross, mas é apenas ilusão.

Hyundai Bayon [divulgação] Volkswagen Nivus
Hyundai Bayon [divulgação]

Espírito de Nivus

O SUV Bayon e o hatch i20 compartilham exatamente o mesmo interior, exatamente como quem? Honda WR-V e Fit, assim como Volkswagen Nivus e Polo. Ambos trazem central multimídia visualmente integrada ao painel de instrumentos digital e visual horizontalizado.

Debaixo do capô só há uma opção de motor: 1.0 três cilindros turbo. Novamente na mesma vibe do Volkswagen Nivus, a diferença é que aqui há várias opções de potência. As versões de entrada entregam 100 cv e 17,4 kgfm de torque ou 120 cv, mas com o mesmo torque.

Hyundai Bayon [divulgação] Volkswagen Nivus
Hyundai Bayon [divulgação]
Ambos os motores trazem sistema micro-híbrido de 48V para ajudar a economizar combustível. Há opção de câmbio manual de seis marchas ou automatizado de dupla embreagem com sete marchas.

>>Hyundai HB20 Sense é bom, barato, só não é bonito – Avaliação

>>Comparativo: Peugeot 208 Griffe e Honda WR-V EXL valem R$ 95 mil?

>>Comparativo: Nivus Highline e Tracker LT são tão iguais e tão diferentes

Sobre o autor

João Brigato

5 Comentários

Clique aqui para comentar