Destaque Novidades

Peugeot 408 2023 quer briga com o Corolla, mas não é tão novo assim

Apesar de a Peugeot dizer que é uma nova geração, o 408 2023 é, na realidade, uma grande reestilização do modelo anterior
Peugeot 408 2023 [divulgação]
Peugeot 408 2023 [divulgação]

Enquanto a Stellantis ainda prepara o 408 SUV cupê para a Europa, lá na China o novo Peugeot 408 2023 em formato de sedã fez sua estreia. Mas não se engane pelas linhas muito semelhantes às do novo 308: esse modelo não passa de uma grande reestilização do sedã antigo. Vendido somente na China, ele vai brigar com Toyota Corolla e Nissan Sylphy (Sentra).

Tomando como base o antigo 408 baseado na geração anterior do 308 e que compartilha plataforma com o 3008, o novo sedã tem cara de Peugeot moderno, mas algumas peças iguais às do modelo anterior. A lateral é idêntica, incluindo todas as chapas. Mas foi uma reforma tão bem feita que faz parecer um carro novo.

A dianteira adotou a nova linguagem visual da Peugeot com grade frontal sorridente ligada aos faróis e luzes de LED estilo dente de leão. O logo novo, que ainda não estreou no Brasil, está lá. A traseira ganhou novas lanternas conectadas com três filetes verticais imitando as garras do leão. A tapa do porta-malas está mais proeminente com direito a um aerofólio embutido.

Peugeot 408 2023 [divulgação]
Peugeot 408 2023 [divulgação]
A cabine traz visual horizontalizado e um layout um pouco diferente de outros modelos da marca. A central é flutuante, mas posicionada abaixo das saídas de ar. O painel de instrumentos, que parecia 3D nos teasers divulgados pela Peugeot, não é tão sofisticado quanto o do 208. Ele é colorido, todo digital, mas sem o efeito de duas dimensões.

Camaleão THP

Talvez o ponto maior de ousadia da Peugeot com o novo 408 2023 seja a cor estilo camaleão. Ela mistura tons de azul com verde e tem acabamento acetinado. Para um sedã, que é geralmente mais careta, a ousadia da marca francesa surpreendeu.

Peugeot 408 2023 [divulgação]
Peugeot 408 2023 [divulgação]
Debaixo do capô ele traz o já conhecido motor 1.6 THP quatro cilindros turbo a gasolina com 170 cv e 25,5 kgfm de torque – 3 cv a menos e 1 kgfm de torque a mais que os modelos THP vendidos no Brasil com acerto flex (Citroën C4 Cactus e Peugeot 2008). O câmbio é automático de seis marchas.

>>Mini-Renegade com base de Peugeot 208 pode se chamar Jeepster

>>Por R$ 72.990, Peugeot 208 1.0 só custa mais que Mobi, Kwid e HB20

>>Peugeot e-208 custa 2 vezes um 208, mas é o dobro de carro | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva