Destaque Novidades

Renault Kiger de entrada realmente parece um Kwid gigante

Com as primeiras unidades do Renault Kiger chegando às concessionárias, modelo confirma que é realmente um SUV do Kwid
Renault Kiger RXE [divulgação]
Renault Kiger RXE [divulgação]

Apesar de ser vendido pela Renault como o SUV dos compactos, todos sabemos que o Kwid nada mais é que um hatch subcompacto com pinta de aventureiro. Contudo, na Índia, ele deu origem a um SUV de verdade, o Kiger. Tentando repetir o sucesso do primo Nissan Magnite, ele se apresenta na versão de entrada: e não é que é realmente um Kwidão?

Apresentado pela Renault somente na versão topo de linha RXZ, o Kiger agora se apresenta nas demais variantes a partir do configurador. E na configuração de entrada RXE, as semelhanças com o Kwid são nítidas.

Apesar de ter luzes diurnas de LED, o Kiger RXE de 545.000 rúpias (R$ 40.040) traz faróis halógenos no bloco principal. A grade é totalmente preta, assim como as maçanetas e retrovisores. Ao menos ele mantem a seta no retrovisor e o rack de teto.

Renault Kiger RXL [divulgação]
Renault Kiger RXL [divulgação]
No lugar das rodas de liga-leve, calotas de 16 polegadas. Não há limpador do vidro traseiro, tal qual no Kwid Life de entrada. Além disso, o Kiger RXE tem para-choque totalmente preto. Por dentro, nada de rádio, apenas um nicho, enquanto todo o painel é dominado pela coloração preta.

Na versão RXL, o Kiger ganha grade cromada, maçanetas na cor da carroceria e interior com detalhes em cinza. Ainda não há central multimídia, mas um rádio simples entra em ação. O Kiger RXL parte de 614.000 rúpias (R$ 45.075) com motor 1.0 aspirado, sobe para 659.000 rúpias (R$ 48.378) com câmbio Easy’R e chega a 714.000 rúpias (R$ 52.416) com o 1.0 turbo.

Renault Kiger RXT [divulgação]
Renault Kiger RXT [divulgação]

Segundo andar

Intermediária, a versão RXT tem todas as opções de motor e câmbio. Começa com motor 1.0 aspirado em 660.000 rúpias (R$ 48.453) com câmbio manual ou 705.000 rúpias (R$ 51.757) com transmissão automatizada Easy’R. Com motor 1.0 turbo, o preço sobe para 760.000 rúpias (R$ 55.766) com câmbio manual ou 860.000 rúpias (R$ 61.103) com a caixa CVT.

Nessa variante ele ganha interior com detalhes em marrom, central multimídia e até chave presencial. Visualmente ele ganha para-choque com aplique cinza, rodas de liga-leve e limpador traseiro.

Renault Kiger RXZ [divulgação]
Renault Kiger RXZ [divulgação]
Por fim, o Kiger topo de linha é o RZX. Ele também traz as quatro opções mecânicas: com motor 1.0 aspirado sai por 772.000 rúpias (R$ 56.744) com câmbio manual ou 817.000 rúpias (R$ 60.052) com transmissão automatizada Easy’R. Com motor 1.0 turbo, o preço sobe para 872.000 rúpias (R$ 64.095) com manual ou 972.000 rúpias (R$ 71.445) com a transmissão CVT.

Essa versão traz faróis full-LED com três blocos luminosos, detalhe cromado na falsa saída de ar lateral e interior preto com detalhes em cinza. Ainda não há confirmação de quando o Renault Kiger será vendido no Brasil, mas tudo dependerá do sucesso do primo Nissan Magnite.

>>SUV subcompacto Nissan Magnite estreia por equivalente a R$ 35 mil

>>Por R$ 40mil, Renault Kiger é  SUV mais barato da Índia. E no Brasil?

>>Toyota e Renault anunciam paralisação das fábricas no Brasil

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar