Destaque Mercado

Toyota SW4 Diamond terá frente diferente das demais versões

Baseado no Toyota Fortuner Legender, versão topo de linha do Toyota SW4 ganhará dianteira mais agressiva em 2022
Toyota SW4
Toyota Fortuner Legender [divulgação]

Vazado pelo Club Toyota e publicado no Argentina Autoblog, o visual do SW4 Diamond reestilizado será completamente diferente de antes. Previamente à mudança visual, a versão topo de linha pouco se diferenciava dos demais modelos. Agora, contudo, ele terá para-choque totalmente modificado com direito a nova grade frontal.

O design não é novidade, afinal a Toyota usa essa dianteira no Fortuner Legender na Ásia. Em relação ao SW4 padrão, a versão Diamond conta com para-choque exclusivo mais agressivo. A entrada de ar principal trapezoidal domina a dianteira e é acompanhada por um falso quebra-mato na parte inferior.

A grade frontal ganha acabamento preto brilhante e ressaltos na parte inferior como se fossem dentes. O logotipo da Toyota até fica parcialmente para fora da grade. Já as luzes de neblina são posicionadas mais alto. Teto com pintura contrastante é acompanhado por rodas de liga-leve diamantadas.

Toyota Fortuner Legender [divulgação]
Toyota Fortuner Legender [divulgação]
Já na traseira, o SW4 Diamond / Fortuner Legender tem para-choque levemente modificado. Os prolongamentos das luzes auxiliares do para-choque não estão presentes no modelo regular. Já a régua da placa passa a ser preta brilhante, não cromada. É possível que o modelo brasileiro / argentino receba interior com couro de coloração diferenciada.

Mais equipado

Entre os equipamentos adiantados no vazamento, o SW4 Diamond passará a contar com detecção de pedestres e ciclistas. Esse item reforça a presença de sistemas de segurança do SW4 como piloto automático adaptativo, assistente de manutenção em faixa, frenagem autônoma de emergência e detector de ponto cego.

Toyota Fortuner Legender [divulgação]
Toyota Fortuner Legender [divulgação]
O motor seguirá o mesmo: 2.8 quatro cilindros turbo diesel de 204 cv e 50,9 kgfm de torque. Ele é atrelado à transmissão automática de seis marchas e a tração 4×4.

>>Fabrica da Toyota agora opera 24hs por causa do Corolla Cross

>>Toyota Frontlander é versão alternativa e modificada do Corolla Cross

>>Como a Toyota fez Corolla e Corolla Cross conviverem sem canibalização

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar