Curiosidades Destaque Novidades

Cliente devolve carro alugado e continua no comando por controle remoto

Ford Expedition seguiu sendo controlado mesmo a distância
FordPass App (Arte KDesign)

Um caso curioso envolvendo um Ford Expedition e o aplicativo FordPass deu o que falar nos Estados Unidos meses atrás. Em maio deste ano, o norte-americano Masamba Sinclair alugou um Ford Expedition  que podia ser controlado via o App da Ford – FordPass – na empresa Enterprise Rent-a-Car.

Ford Expedition (divulgação)

Instalado no smartphone, o aplicativo permite que o motorista possa ligar e desligar o motor remotamente, trancar e destrancar as portas e ainda rastrear a localização do veículo. Uma ação que agradou muito o Sr. Sinclair enquanto estava com o carro: “Gostei e entrei no FordPass para poder acessar os recursos do veículo pelo meu telefone,  como trancar, destrancar e dar partida no motor”.

Ford Expedition (divulgação)

Mas aí que entra o fato muito curioso. Cerca de 5 meses após de ter devolvido o automóvel à locadora, ele percebeu que seu smartphone ainda tinha acesso remoto ao carro, mesmo a distância! Quando se deu conta da situação, Sinclair rapidamente entrou em contato com a Ford, mas ficou sem resposta.

Ford Expedition (divulgação)

Utilizando e-mails e o Twitter, o norte-americano de 34 anos conseguiu enfim falar com a Ford. Quem se pronunciou foi o porta-voz da marca, Martin Gunsberg, que explicou  que o FordPass oferece duas maneiras de desemparelhar um veículo de um telefone. O primeiro é usar as configurações do sistema de infotainment para executar um reset mestre para apagar todos os dados inseridos anteriormente. O segundo é abrir o aplicativo FordPass, selecionar o botão de detalhes do veículo, rolar para a parte inferior e selecionar “Remover veículo”.

Ford Expedition (divulgação)

No entanto, ele não deixou claro se o sistema emite um alerta bastante visível para que o usuário execute uma dessas ações. Ou seja, baseado nessa experiência, não seria surpresa descobrir que aplicativos remotos de outros fabricantes de automóveis também mantenham o acesso liberado para usuários antigos, um risco alto quando se trata de carros locados ou que foram vendidos no mercado de usados.

Então fique atento: se passar por algo semelhante, lembre de apagar completamente os seus dados o sistema de multimídia, seja ele um modelo alugado ou o seu carro que resolveu vender.

Veja mais:

>> Ford leva 6 versões da Ranger para o Sema Show

>> Avaliação: Ford Edge ST, um SUV com força de sobra

>> Ford Mustang 1968 do filme Bullitt será leiloado

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva