Destaque Novidades

Citroën será a primeira marca francesa a voltar a atuar nos EUA

Planos iniciais eram de, do lado PSA da Stellantis, a Peugeot seria a primeira a voltar aos EUA, mas será a Citroën
Citroën Ami [divulgação]
Citroën Ami [divulgação]

Pegando a todos de surpresa, a Citroën anunciou seu retorno aos EUA. Inicialmente era a Peugeot que faria regresso à terra do Tio Sam, mas com a criação da Stellantis, o grupo preferiu focar no crescimento da Alfa Romeo por lá. Contudo, a Citroën já está de malas prontas.

Em um anúncio discreto no LinkedIn, o serviço de aluguel de carros da PSA, o Free2Move, revelou que um novo modelo será usado por eles nos EUA. Atualmente atuando apenas em Washington DC, o serviço será expandido também para Portland, Oregon. Mas antes, um Citroën será usado.

O teaser não deixa dúvida tratar-se do pequenino elétrico Citroën Ami. Ele já é usado pelo Free2Move na Europa e por serviços de assinatura mensal da própria Citroën. A imagem mostra apenas os contornos do Ami estacionado em frente à uma bandeira estadunidense.

Citroën Ami [divulgação]
Citroën Ami [divulgação]
Pensado para ser dirigido na Europa até por adolescentes de 14 ou 16 anos (dependendo do país), o Citroën Ami é um carro na mais crua essência. Ele possui apenas 2,41 m de comprimento, o que o fará uma formiga em uma terra de SUVs gigantescos e de picapes que tem somente na caçamba o mesmo comprimento do pequeno francês.

Pouca coisa e pouca potência

Ele é equipado com motor elétrico de tímidos 8 cv, tendo como velocidade máxima apenas 45 km/h. Seu foco é totalmente urbano e para deslocamentos rápidos. Segundo a Citroën, ele é capaz de rodar até 70 km graças às suas baterias de 5,5 kWh. A carga total demora até 3 horas.

Citroën Ami [divulgação]
Citroën Ami [divulgação]
Como é um Citroën, não poderia deixar de ter algumas esquisitices. Prova disso são as portas: a do lado do motorista abre do lado contrário da do passageiro, já que a Stellantis usa a mesma pela dos dois lados. O vidro abre para cima como um vitrô de banheiro e os para-choques são exatamente os mesmos dos dois lados.

Por dentro ele não tem airbag e o painel se resumo ao mínimo possível. Há criativos nichos de borracha que prendem objetos e nada muito além disso. Será que a Stellantis também trará o Ami para o Brasil como carro de aluguel?

[divulgação]
[divulgação]

>>SUV subcompacto sucessor do C3 deve estrear em maio

>>C5 X traz de volta espírito do DS 5 e clássica esquisitice da Citroën

>>Flagra: Substituto do C3 2022 começa a perder a camuflagem

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar