Destaque Novidades

Elétrica F-150 Lightning supera expectativas da Ford e vende como água

Em apenas uma semana, 70 mil unidades da Ford F-150 Lightning foram reservadas, mostrando sucesso da picape elétrica
Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]

Enquanto Tesla, Rivian e até General Motors só ensaiam sua entrada no segmento de picapes elétricas, a Ford fez diferente. Ela anunciou a inédita F-150 Lightning e já a colocou à disposição dos compradores para pré-venda. Resultado: 70 mil reservas em apenas uma semana.

Apenas 12 horas depois que a Ford abriu as reservas da picape 100% elétrica, foram reservadas 20 mil unidades. Entretanto, esse número subiu verticalmente após o anúncio de uma quarta versão. A F-150 Lighning Pro é a mais barata de todas, partindo de US$ 39.974 (R$ 206.197).

E justamente essa variante foi a responsável por elevar as reservas de 20 mil unidades para 70 mil em apenas uma semana. Ela é mais simples que as demais F-150 Lightning, não contando com a barra luminosa de LED na grade frontal, além de abdicar de pintura nas maçanetas e retrovisor.

Ford F-150 Lightning Pro [divulgação]
Ford F-150 Lightning Pro [divulgação]
Contudo, ela tem a vantagem do preço, já que a variante subsequente, a XLT, parte de US$ 52.974 (R$ 273.308). Ainda assim, ela traz bom conjunto mecânico, com autonomia estimada de 370 km ou, com US$ 10.000 extras, capacidade de rodar até 482 km com carga completa.

Segundo a Ford, isso é autonomia mais do que suficiente para os trabalhadores norte-americanos. Segundo a marca, em média, aqueles que usam a F-150 para trabalho puramente rodam, em média, 280 km por dia. Isso faz com que a autonomia da Lightning, mesmo na versão mais básica, atenda às necessidades diárias.

Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]
O custo de operação da picape também é mais baixo, visto que para carrega-la é mais barato do que abastecer o tanque com gasolina. Vale lembrar que por lá o diesel é raro em picapes e a gasolina tem um custo mais reduzido no que no Brasil, por isso é comum ver essas gigantes bebendo gasolina.

>>Elétrica Ford F-150 Lightning tem maior porta-malas dianteiro do mundo

>>Picape Kia rival de Ford Ranger, Chevrolet S10 e Toyota Hilux atrasou

>>Ford confirma que seu futuro breve será 100% elétrico

Sobre o autor

João Brigato

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Vê se lá a Ford (assim como as demais) vai fazer igual às montadoras daqui, que depois de um bom numero de pré-venda (nada comparado aos números de lá, claro), já agendam um aumento de preços.

  • Acabou o namoro dos Brasileiros [ maria vai com as outras] com o Chevrolet Onix .Deve ter incendiado mais alguns por aí .

  • Eu sou um fã incondicional da Ford. E não é pq ela saiu do Brasil, por incompetência de seus diretores brasilianos mas muito por causa do presijegue que o País tem no momento, que eu vou deixar de gostar da marca e de adquirir os seus produtos. Algo que, também pra mim, tá muuuuito além de outras marcas tidas como “nacionais” e em todos os termos, principalmente nos quesitos conforto, resistência, design e tecnologia encorpada!