Curiosidades Destaque Novidades

Entenda a diferença entre Torque e Potência

Qual deles realmente importa mais ao escolher um automóvel?
Motor GSE 1.3 Turbo (divulgação)

Em algum momento na sua vida, você já ouviu falar de torque e potência, certo? Existem algumas marcas que exaltam a potência, como o mais potente do mundo, enquanto que outras preferem destacar o torque de seus modelos. Mas afinal de contas, o que esses termos significam? Pensando nisso, elaboramos esse miniguia com essas respostas.

O que é torque?

De forma resumida, o torque em um veículo envolve a força disponível para aceleração. Quanto maior for o valor, mais rápido a velocidade subirá. Na prática é aquela sensação percebida quando aceleramos o carro e a resposta é vigorosa em modelos com torque elevado. Mas ele também é importante para veículos pesados que precisam sair da inércia, mas não atingir grandes velocidades.

Torque e Potência (divulgação)

Por exemplo, ônibus, caminhões e tratores por serem bastante pesados demandam mais torque por que precisam de mais força para poderem se locomover. Já um carro pequeno como um Volkswagen up! ou Renault Kwid consegue um bom desempenho mesmo com um torque pequeno. Motocicletas têm torque muito baixo por serem extremamente leves se comparadas a um veículo com quatro rodas.

Outro exemplo prático sobre o que é o torque, seria a seguinte situação:

– Você precisa trocar o pneu, e tem uma chave de roda. Ao colocar a chave de roda na porca, e exercer força para que ela se mova – o movimento e a força gerada são o torque necessário para que a porca saia do lugar. Mas, se esta porca não dispor de resistência ao movimento torcional, o resultado será torque zero. Já se a resistência for elevada, o torque também será maior.

Torque e Potência (divulgação)

Além disso, o torque também está ligado a velocidade de rotação do motor. E para medir essa força, utilizamos os sistemas de Newton metros (Nm) ou em quilograma-força metros (kgfm), enquanto que a potência, geralmente é calculada em quilowatts (kW) ou em cavalos-vapor (cv).

Revisão (divulgação)

Em alguns países que seguem o sistema métrico, como Austrália e alguns países da Europa, as medidas corretas de medição são respectivamente Nm (Newton metros) e kW (Quilowatts). Por aqui, utilizamos o sistema de kgfm (quilograma-força metro). O torque abrange dois componentes: força e distância. A primeira é multiplicada para calcular a força aplicada, pela distância medida entre o ponto de aplicação e o centro do eixo de rotação.

Motor Ingenium (divulgação)

Se você procura por um automóvel ágil na cidade é importante observar a curva de torque para que atinja o ponto máximo bem cedo. Motores com torque elevado em altas rotações costumam ser um tanto mancos porque a força demorará a aparecer.

O que é potência?

Se o torque é a força exercida para movimentar o veículo, podemos dizer que a potência é a medida usada para especificar o tempo em que um trabalho é executado. Também podemos dizer que a potência do motor é responsável por transformar o combustível no tanque em velocidade.

Porsche 911 GT2 RS (divulgação)

No Brasil, utilizamos a nomenclatura “cv” que vem de cavalo-vapor, mas em outros países você pode encontrar os dados da potência em quilowatts (kW) ou horse power (hp). De modo mais simples, podemos dizer que potência é a rapidez com a qual o torque realiza o trabalho de girar a alavanca. Ou seja: a rapidez com a qual o pistão gira o virabrequim.

BMW M8 (divulgação)

E isso também está ligado ao limite de rotações. Quanto maior for a velocidade do motor – rotação – mais potência ele vai entregar. Isso significa que para conseguir mais aceleração e mais velocidade você precisa de mais potência. O torque pode ser definido de forma simplista como a capacidade do motor de gerar potência.

Mercedes-AMG CLA 45 (divulgação)

A potência de um veículo vai refletir em velocidades mais altas atingidas, mas com um torque baixo esse limite levará mais tempo para chegar se o carro em questão é mais pesado. Como dissemos, motos têm baixo torque e grande potência específica resultado em aceleração rápida (por conta do baixo peso) e velocidades muito altas nos modelos mais potentes.

Audi RS5 Coupé (divulgação)

Caminhões e ônibus com motores a diesel têm muito torque para compensar o peso, o que se traduz em arrancadas fortes, mas cujo efeito acaba logo em seguida. Outro tipo de motor de torque elevado é o elétrico onde o torque é pleno – não há curva de crescimento.

Veja mais:

>> Cesvi dá dicas sobre limite de velocidade

>> Lotus revela o carro elétrico mais potente do mundo

>> Ford GT MK II: superesportivo tem nova versão limitada

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Instagram

Jocar