Destaque Novidades

Ford Fiesta 2022 tem motor 1.0 turbo de 155 cv que faz 20,4 km/l

Mais potente que um Volkswagen Polo GTS e mais econômico que um Renault Kwid, Ford Fiesta 2022 não é para os brasileiros, definitivamente
Ford Fiesta Active 2022 [divulgação]
Ford Fiesta Active 2022 [divulgação]

Ainda que tenha sido aposentado há alguns anos no Brasil, o Ford Fiesta segue firme e forte. E em sua nova geração, o hatch compacto recebeu o primeiro facelift com direito a muitos itens de tecnologia, mas com um grande destaque: motor 1.0 turbo mais potente que do Volkswagen Polo GTS, com consumo inferior ao de um Renault Kwid.

A estrela da linha é o motor 1.0 três cilindros EcoBoost, único movido a gasolina oferecido pela Ford. Ele é oferecido em três versões, sendo apenas a de 100 cv sem auxilio eletrificado. Nas variantes de 125 cv e 155 cv, ele conta com sistema elétrico de 48V que substitui o alternador e fornece um toque a mais de força nas acelerações e ajuda a baixar o consumo de gasolina.

Como resultado, a Ford divulga média de 20,4 km/l para as versões com câmbio manual. Já com a transmissão de dupla embreagem PowerShift (sim, aquela abandonada no Brasil devido ao excesso de quebras) baixa a média para 19,2 km/l. O modelo não eletrificado fica na média de 19 km/l na versão manual – única disponível.

Ford Fiesta Active 2022 [divulgação]
Ford Fiesta ST 2022 [divulgação]
Especialmente destinado à versão esportiva ST, o Fiesta 2022 ainda tem motor 1.5 EcoBoost três cilindros turbo. É uma versão mais avançada do motor que era usado no Ka e no EcoSport no Brasil. Ele conta com 200 cv e 32,7 kgfm de torque, sendo ligado a um câmbio manual de seis marchas.

Tecnologia lá de cima

Como já vem se tornando padrão na Europa, o Ford Fiesta 2022 é recheadíssimo de tecnologia. Ele ganhou alerta de caminho errado, onde ele avisa ao motorista por som e luzes que ele está entrando na contramão. Além disso, tem piloto automático adaptativo com função stop and go, alerta de trafego cruzado, alerta de ponto cego, park assist e reconhecimento de placas.

Ford Fiesta 2022 [divulgação]
Ford Fiesta 2022 [divulgação]
O novo Fiesta também traz central multimídia SYNC 3 com informações de trânsito ao vivo via conexão por internet. Há Android Auto e Apple CarPlay, mas conectados via cabo. Já o painel de instrumentos passa a ser uma tela de 12,3 polegadas totalmente digital, o qual muda de aparência para cada modo de condução diferente.

Bocão

A reestilização trouxe ao Fiesta 2022 um visual mais ousado. Todas as versões receberam nova grade frontal generosamente maior que antes. O logotipo da Ford saiu do capô e foi para o centro da grade. Cada versão tem trama interna diferenciada e linhas de para-choque diferentes.

Ford Fiesta 2022 [divulgação]
Ford Fiesta ST 2022 [divulgação]
Destaque vai para a versão aventureira Active que tem filetes verticais e grade mais quadrada. O para-choque tem filetes cromados saindo da abertura de ar lateral em direção ao centro da peça. Já no ST, as aberturas de ar secundárias são interligadas por plástico preto. Faróis full-LED também mudaram.

Vem para o Brasil?

Nem é preciso dizer que o Ford Fiesta tem zero chances de ser vendido no Brasil. Atualmente ele é feito somente na Europa e uma versão das mais básicas custaria mais de R$ 100 mil se fosse importada para o Brasil. Atualmente a Ford brasileira está focada em SUVs e picapes, por isso o hatch não tem chance por aqui.

Ford Fiesta 2022 [divulgação]
Ford Fiesta 2022 [divulgação]

>>Ford Maverick Hybrid está à venda no Brasil pelo dobro da Fiat Toro diesel

>>Transit no Brasil terá versões furgão e para até 19 passageiros

>>Ford EcoSport sai de linha nos EUA e agora está por um fio

Sobre o autor

João Brigato

18 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Essa é a ford, só faz burrada para não dizer outra coisa.

    Esse é o carro perfeito para o Brasil. Venderia muito bem, principalmente nos dias de hoje (desde que estivesse com o preço certo). Mas é claro que viria com preço de Fusion.

  • Um carro muito bom. Mas o Focus é bem melhor, melhor que qualquer carro japonês. Pena que a Ford tem um marketing só século 19…… ..jamais teria que abandonar a produção do Focus na Argentina. Pena.

  • Trás um pra cá e bota a nossa mijolina, e verás o consumo cair para 16km/l Ninguém merece o combustível mais caro do mundo e de péssima qualidade! ACORDA BRASILLLLLLLLLLL

  • A Ford até já foi uma marca bem conceituada no passado com ótimos acabamentos de seus carros e bons projetos de alguns modelos, mas ela vai na contramão de coisas simples, querer focar em um nicho Premium coisa que a Ford não é! Premium é Volvo, Mercedes, BMW e etc. Ford teria que ficar em volume pra bater de frente com GM, VW e Fiat.

  • Eu nunca gostei da Ford pelo.pessimo pós- venda e peças caras ,mas depois que saiu do Brasil.ai que não me interesso mais por carro da Ford! Se o carro sendo produzido no Brasil as peças eram caras e algumas não tinham no estoque , imagina agora vindo como importado!!!

  • 100 conto já tá o ônix uma porcaria e o povo brasileiro acha o máximo, e o pior tem fila de espera. A Ford não tá afim de vender porcaria

  • A Ford deixou o Brasil, assim como a Sony e a Mercedes… Ninguém aguenta manter negócio no país de Bolsonaro onde a inflação está nas alturas e o câmbio descontrolado. FORA BOLSONARO!!!!

    • Segundo um “gênio” aí dos comentários a culpa é só do ICMS kkkkkk, deve ser um Passapanista do presidente kkkkkk

  • Realmente seria caro como TODOS os outros carros vendidos no Brasil, as coisas estão complicadas, é o custo Brasil e o risco Brasil, mas para os Haters o problema é só de uma empresa, quanta asneira hein!