Destaque Novidades

Note, o Honda Fit da Nissan, ganha nova geração com eletrificação

Não somente o Honda Fit que é um hatch com vontade de ser uma minivan, Nissan Note também segue por essa escola, mas com pegada eletrificada
Nissan Note é concorrente direto do Honda Fit [divulgação]
Nissan Note é concorrente direto do Honda Fit [divulgação]

Quando o Honda Fit foi lançado em 2001, ele tecnicamente não tinha nenhum concorrente. Afinal, o hatch monovolume segue por uma abordagem de design e de posicionamento de mercado mais próximo às minivans. Isso mudou em 2004 quando a Nissan revelou o Note, que agora chega à terceira geração.

Cotado para o Brasil várias vezes, o Nissan Note nunca veio devido aos altos custos envolvidos. Contudo, tivemos um contato próximo com o modelo, pois a primeira geração era uma versão mais sofisticada e refinada da Nissan Livina.

Nissan Note [divulgação] Honda Fit
Nissan Note [divulgação]
Eletricamente diferente

Agora na terceira geração, o Nissan Note assume de vez a postura de modelo ecologicamente correto e será vendido somente com sistema e-Power. Esse layout consiste no uso de um motor a combustão que carrega baterias para um sistema elétrico.

Na prática, ele anda e se comporta como um carro elétrico, mas não precisa ficar na tomada para abastecer, já que o motor a combustão faz esse papel. No Honda Fit da Nissan, esse gerador é um motor 1.2 três cilindros aspirado. Já o motor elétrico entrega 114 cv e 28,5 kgfm de torque.

Nissan Note [divulgação]
Nissan Note [divulgação]
A Nissan também oferecerá futuramente uma versão 100% elétrica do Note com direito a tração nas quatro rodas. Esse terá carregamento feito na tomada como qualquer outro tipo de carro elétrico.

Um pouco de Kicks, um pouco de Ariya

Por falar em eletrificação, o design do novo Note é evidentemente inspirado no Ariya, o SUV do Leaf. A dianteira tem faróis finos de LED conectados à grade frontal em V. O friso cromado na parte inferior do conjunto luminoso e na borda da grade frontal é semelhante ao estilo aplicado no novo Kicks.

Atrás temos lanternas conectadas com o nome Nissan grafado na parte preta. O para-choque tem área preta generosa para dar um certo ar de SUV ao Note. Já o teto, como no Kicks, tem pintura contrastante.

A cabine não é tão moderna quanto a da nova geração do Honda Fit, mas é suficientemente contemporânea. Traz painel totalmente digital visualmente integrado à central multimídia flutuante. Comandos físicos para o ar-condicionado ficam logo acima do alto console central.

>>Nissan quer irmã menor da Frontier rival de Fiat Toro e Ford Maverick

>>Avaliação: Honda WR-V é um Fit com complexo de HR-V

>>Nissan Leaf 100% elétrico já pode ser alugado na Movida

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar