Destaque Novidades

Honda HR-V se torna um terceiro carro diferente na China

Prepare-se para a confusão de Honda HR-V no mundo, porque agora existem três modelos diferentes com o mesmo nome
Honda HR-V [Autohome]
Honda HR-V [Autohome]

Como confusão pouca é bobagem, a Honda está lançando o terceiro carro com o nome HR-V no mundo. Revelado pelo registro de patentes da China, o novo Honda HR-V chinês é uma versão diferente do ZR-V, que é vendido como HR-V nos EUA. Com tantas letras no alfabeto que a marca japonesa poderia usar, para que encrencar com o H?

Diferentemente do nosso novo Honda HR-V que tem base no City e é um SUV compacto, o novo modelo com mesmo nome vendido na China é um SUV médio. A real é que ele é um ZR-V com frente e traseira diferente. É que por lá a marca japonesa tem duas sócias e cada uma delas vende modelos tecnicamente idênticos, mas com nomes diferentes e visual retocado.

É assim que foram criados modelos como Integra e Civic ou CR-V e Breeze – carros idênticos aos internacionais, mas com nomes distintos e mudanças de design. ZR-V e HR-V serão a mesma coisa. Só que o HR-V original de fato também será vendido pela Honda por lá com os nomes de Vezel, E:NS1 e N:NP1. Se está confuso é porque parece.

Honda HR-V [Autohome]
[Autohome]
Em relação ao ZR-V, o HR-V chinês tem grade frontal quadrada parecida com a do novo CR-V. Os faróis são arredondados e contam com um friso de LED que se estende pela grade frontal tal qual um Volkswagen. Já a traseira é bem Honda com lanternas conectadas como no HR-V brasileiro, mas com parte interna bem diferente.

Imagens do interior não foram reveladas. Contudo, geralmente quando a Honda faz um clone de um de seus modelos, ela não costuma fazer alterações na parte interna. Ou seja, escolha o carro de acordo com o visual que mais gosta.

Honda HR-V [Autohome]
[Autohome]

>> CR-V 2023 é lançado com traseira de Volvo e virá ao Brasil

>>Honda HR-V 2023: o que mudou, versões, motores, mas nada de preço

>>WR-V sobrevive e vai ganhar visual novo

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar