Especial Novidades

Mini Cooper entra na era da eletrificação

Mini Cooper SE tem autonomia de até 270 km e 184 cv
Mini Cooper SE (divulgação)

A Mini também quer sua fatia no expansivo mercado dos elétricos! Prova disso é que revelou no Salão de Frankfurt o novo Cooper SE, a versão elétrica do compacto britânico.

O visual acompanha os demais modelos da marca britânica, com exceção da grade dianteira que é fechada e traz um detalhe em amarelo brilhante com um logotipo “E” – de elétrico.

Mini Cooper SE (divulgação)

As rodas também recebem um novo desenho – exclusivo da versão – e detalhes em amarelo por toda a carroceria e no interior também. Ao se tornar o Copper elétrico, a Mini trocou o motor a combustão por um conjunto de baterias de 32,6 kWh que entrega 184 cv e uma autonomia que pode ir de 235 a 270 km com apenas uma carga.

A carga com um cabo convencional chega a 80% em duas horas e meia ou 100% em 3 horas e 30 minutos. Com um ponto de carga rápida são 80% em apenas 35 minutos. As primeiras unidades devem chegar ao mercado europeu já no começo de 2020 com um valor estipulado de 32.500 euros.

Veja mais:

>> MINI celebra 50º aniversário do filme “Um Golpe à Italiana”

>> Nova geração do Mini JCW é testada em Nürburgring

>> Mini Cooper ganha edição limitada para comemorar 60 anos

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva