Destaque Novidades

Todos os Toyota vendidos no Brasil ficaram mais caros em janeiro

Nem mesmo Hilux e SW4 que foram recentemente lançados escaparam dos aumentos de preços da Toyota, que atingiram também Etios a Corolla
Toyota Corolla Altis Premium [Auto+ / João Brigato]
Toyota Corolla Altis Premium [Auto+ / João Brigato]

Antes do primeiro mês de 2021 acabar, a Toyota aproveitou para subir o preço de todos os seus carros vendidos no Brasil. Sem haver qualquer tipo de exceção, Hilux, SW4, Etios, Etios Sedã, Yaris, Yaris Sedã, Corolla, Prius e RAV4 tiveram seus preços reajustados em todas as versões.

Os aumentos de preço variam entre R$ 1.100 e R$ 5.500 e já estão valendo em todas as revendas da marca.

Toyota Etios Sedã (divulgação)

Etios e Etios Sedã

Agora comercializado somente na versão X Plus, Etios e Etios Sedã tiveram os menores aumentos da gama. O hatch encareceu R$ 1.200 com câmbio manual e R$ 1.300 com transmissão automática. Já o sedã está R$ 1.300 mais caro com pedal de embreagem e R$ 1.400 mais caro se tiver câmbio automático.

Hatch X Plus MT – R$ 66.690
Hatch X Plus AT – R$ 72.690
Sedã X Plus MT – R$ 70.090
Sedã X Plus AT – R$ 76.190

Toyota Yaris
Toyota Yaris [divulgação]

Yaris e Yaris Sedã

Agor partindo de R$ 71.290, o Yaris hatch XL Live teve preço elevado em R$ 1.300, assim como o sedã na mesma versão. Subindo para a XL Plus, o hatch encareceu R$ 1.500 e o sedã R$ 1.600.

Na XLS a diferença entre eles também é de R$ 100, com o modelo menor com aumento de R$ 1.700 e o maior com de R$ 1.800. As variantes S e W-Way, exclusivas do Yaris, estão R$ 1.700 mais caras que antes.

Hatch XL Live CVT – R$ 71.290
Hatch XL Plus CVT – R$ 82.690
Hatch XS CVT – R$ 89.090
Hatch S CVT – R$ 91.690
X-Way CVT – R$ 93.190
Hatch XLS CVT – R$ 94.490
Sedã XL Live CVT – R$ 71.290
Sedã XL Plus CVT – R$ 86.290
Sedã XS CVT – R$ 91.690
Sedã XLS CVT – R$ 97.890

Corolla Altis Premium [Auto+ / João Brigato]
Corolla Altis Premium [Auto+ / João Brigato]

Corolla

Sedã médio mais vendido do Brasil teve reajustes fortes em todas as versões. Ele agora começa em R$ 116.690 mediante reajuste de R$ 2.100 na versão GLI. A XEi subiu R$ 2.300. Já a Altis Premium 2.0 a Altis Hybrid de entrada mantiveram preço idêntico de R$ 149.090, agora devidamente reajustado em R$ 2.700. Por fim, o Altis Premium Hybrid encareceu R$ 2.800.

GLI – R$ 116.690
XEi – R$ 128.890
Altis Premium – R$ 149.090
Altis Hybrid – R$ 149.090
Altis Premium Hybrid – R$ 157.190

Toyota Hilux 2021 [divulgação]
Toyota Hilux 2021 [divulgação]

Hilux

Lançada no final do ano passado, a Toyota não segurou o preço da Hilux por muito tempo. Agora a picape chega a R$ 254.990 por conta do aumento de R$ 4.300 sofrido na versão topo de linha SRX. Os preços partem de R$ 162.690 na versão SR flex, que está R$ 2.700 mais cara.

Subindo para a SRV flex, a Toyota reajustou o preço em R$ 2.900, enquanto na SRV flex o aumento foi de R$ 3.100. Com motor diesel, a Hilux SR encareceu R$ 3.600, ao passo que a SRV elevou seu preço em R$ 3.800 e a STD Power Pack está R$ 3.200 mais cara.

As versões comerciais também tiveram preço elevado. A Hilux Chassi-Cabine foi a R$ 173.590 mediante aumento de R$ 2.900 e a Cabine Simples bateu R$ 179.990 com reajuste de R$ 3.000.

SR Flex AT – R$ 162.690
SRV Flex AT – R$ 174.590
SRV Flex AT 4×4 – R$ 188.090
STD Power Pack Diesel AT – R$ 193.190
SR Diesel AT 4×4 – R$ 212.690
SRV Diesel AT 4×4 – R$ 228.590
SRX Diesel AT 4×4 – R$ 254.990
Cabine Simples – R$ 179.990
Chassi Cabine – R$ 173.590

[divulgação]

SW4

Sem nenhuma versão abaixo de R$ 213.290, o Toyota SW4 encareceu R$ 3.60 na versão de entrada SR Flex. Com sete lugares e motor que também bebe etanol, a versão SRV subiu R$ 3.900. Já no SW4 SRX Diesel o aumento foi de R$ 5.500, tanto na versão cinco lugares, quanto na de sete lugares.

SR Flex – R$ 213.290
SRV Flex 7 lugares – R$ 232.890
SRX Diesel 5 lugares – R$ 326.290
SRX Diesel 7 lugares – R$ 331.590

Toyota RAV4 Hybrid (divulgação)

Importados

A linha de importados da Toyota começa com o aumento de R$ 3.100 no preço do Prius. Já o RAV4 teve aumento de R$ 4.100 na versão de entrada S e de R$ 4.500 na SX. Por fim, o Camry está R$ 5.200 mais caro que antes.

Prius – R$ 188.090
Camry – R$ 315.190
RAV4 S – R$ 246.090
RAV4 SX – R$ 271.490

>>Toyota Corolla foi único a vender mais de 1 milhão de unidades em 2020

>>Nas lojas, Honda HR-V e Toyota Corolla aparecem entre os mais vendidos

>>Toyota estuda produzir vans na Argentina que podem vir ao Brasil

Sobre o autor

João Brigato

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Definitivamente..carro zero hj em dia so para bilionarios..um absurdo..o pais esta nas mãos das montadoras..e a Ford.. abandonou o seu pedaço do bolo..por picuinha fiscal..ou vc acredita q ela n tinha lucro?

  • Realmente é um absurdo! Essas gananciosas empresas automotivas, principalmente as asiáticas (japonesas) que acostumaram a fazerem lixos a preços de ouro, obrigando as demais a aumentarem os preços de forma insana, como vem ocorrendo com o lixo da Toyota que vem sendo seguida das demais (Mitsubishi, FCA, etc.). É um verdadeiro crime contra a relação de consumo, o Governo (executivo) e o MPF – Ministério Público Federal são obrigados a agirem Urgente. Elas deveriam ser banidas do Brasil. Vão embora daqui, os seus carros são lixos e vocês pagam uma miséria para os funcionários, sem falar nos modelos arcaicos que são pagos por nós para serem fabricados. Não comprem povo esses carros! Os carros estão custando uma casa, apartamento, etc. É injustificável. E não é por conta do dólar. Vocês vão quebrarem e não vai demorar e vamos ver os que vocês vão fazerem. Acordem povo! Divulguem essa política e prática ilegal e abusiva das montadoras, já que o governo e o MPF nada fazem.