Curiosidades Destaque Novidades

Projeção: eis o novo Toyota Corolla Cross

Designer desvenda as linhas do SUV que será feito no Brasil sob a plataforma do sedã mais vendido do segmento de médios
Corolla Cross
Corolla Cross deve ter dianteira semelhante ao irmão sedã (Renato Aspromonte/Overboost BR)

O Toyota Corolla Cross será apresentado em agosto, na Tailândia, e, com base na imagem de flagra do modelo – fortemente camuflado – o designer gráfico Renato Aspromonte, do Overboost BR (@overboostbr), preparou projeções que evidenciam o design do modelo. As imagens foram cedidas ao Automais.

Conhecido internamente como projeto 740B, o novato deve chegar ao mercado até o fim do ano (ou começo do próximo) e, de acordo com informações, utilizará plataforma do sedã Corolla. Já registrado no Brasil, seu nome de batismo será Corolla Cross – até mesmo para criar maior aproximação com o sedã médio de maior sucesso do mercado brasileiro.

Corolla Cross
SUV que chega ao mercado até o início de 2021 (Renato Aspromonte/Overboost BR)

A carroceria tem linhas horizontais e lanternas que lembram as do Corolla. E, assim como no RAV4, tem caída acentuada das janelas laterais traseiras e lanternas que invadem a tampa do porta-malas.

Feito na planta de Sorocaba (SP) não são só as linhas que o SUV vai emprestar do Corolla. A motorização deve seguir a mesma: propulsor 2.0 flex de até 177 cv e, também, híbrido, com 1,8 litro e potência máxima de 123 cv. Ao que tudo indica, será o primeiro da categoria a combinar propulsão elétrica e a combustão – isso, se o Kicks e-Power não passar na frente.

Corolla Cross
Modelo foi flagrado nas ruas da Tailândia onde também será comercializado (reprodução)

O modelo ficará posicionado abaixo do RAV4, que parte de R$ 217.990. Ou seja, deverá custar abaixo de R$ 200 mil mesmo nas versões mais caras.

Da porta para dentro, o suspense é ainda maior. Porém, acredita-se que o Corolla Cross herdará diversos componentes do modelo base, inclusive, volante, quadro de instrumentos e, claro, o sistema de entretenimento e o câmbio tipo CVT (continuamente variável).

Veja mais:

>> Toyota Corolla 2020 está ainda mais caro

>> Avaliação: Toyota Corolla Hybrid, primeiro híbrido flex do mundo

>> Toyota Corolla gabarita teste do Latin NCAP

Sobre o autor

Vagner Aquino

Vagner Aquino

Comente

Clique aqui para comentar