Destaque Serviço

Revisão da suspensão: veja quais itens devem ser checados

Por ser um dos sistemas principais do carro, a revisão da suspensão deve estar sempre em dia para evitar problemas maiores
Revisão da suspensão [divulgação]
Revisão da suspensão [divulgação]

Realizar uma boa revisão da suspensão do carro é primordial para manter o veículo sempre em ordem. Para isso, existem alguns itens que devem ser revisados para garantir o bom funcionamento de todo o sistema de suspensão. Confira quais são estes itens e qual a importância deles para o seu carro.

Um dos principais elementos do sistema de suspensão é o conjunto de amortecedores. Segundo a Nakata, empresa especializada nos componentes de suspensão, o amortecedor é o protagonista do sistema. Afinal, como o nome sugere, é essa peça que cumpre a função de amortecer os impactos, além de ser fundamental para a estabilidade do carro.

Por isso, é importante sempre analisar o estado dos amortecedores na hora da revisão. Não existe um tempo comum para a troca desta peça, já que a durabilidade varia de acordo com as características do carro, da qualidade do solo e de como o motorista dirige. 

Revisão da suspensão [pixabay]
Revisão da suspensão [pixabay]
No entanto, há alguns sinais de que algo não está bom. Caso note alguma alteração na direção ao fazer curvas, ou até mesmo batidas secas em buracos pequenos, talvez esteja na hora de trocar o amortecedor. Se qualquer situação assim estiver acontecendo com seu carro, é melhor levar até um mecânico de confiança ou na concessionária para que o veículo seja analisado.

Ruídos e vazamentos 

Outro sinal de que algo está errado com o amortecedor é se há vazamento de algum fluido. Ruídos e rangidos ao passar por lombadas ou buracos, e balançadas mais fortes ao acelerar ou frear o carro, são alguns sinais que indicam problemas no sistema de suspensão.

Revisão da suspensão [divulgação]
Revisão da suspensão [divulgação]
Porém, vale lembrar que existem outros componentes no sistema, como os coxins, buchas de bandeja e barra estabilizadora. Quando esses componentes estão desgastados, é comum notar vibrações e ruídos também, então é preciso realizar uma análise completa de todos os itens.

Fique atento também às molas do seu carro. Normalmente, elas costumam ser peças bastante resistentes e que superam os 100 mil km. Mas isso não é regra e a peça pode apresentar desgaste ou quebra com quilometragens mais baixas. Por isso é importante analisar a peça a cada 10 mil km, em média. Bieletas com folga ou com a coifa danificada devem ser substituídas imediatamente também.

Revisão da suspensão [pixabay]
Revisão da suspensão [pixabay]
Independentemente da idade do veículo, sempre é indicado analisar os componentes da suspensão durante as revisões. De acordo com a Nakata, após os 40 mil km rodados com o carro, o ideal é verificar o sistema de suspensão ao menos uma vez ao ano. Dessa forma, evita-se quebras e a segurança do veículo se mantém intacta. 

>> Conheça a suspensão do seu carro

>> Saiba identificar problemas nos freios

>> Logan ganha motor de Sandero RS com 220 cv e é quase um Stock Car

Sobre o autor

Leo Alves

Comente

Clique aqui para comentar