Destaque Novidades

Volkswagen revela mais imagens do Tarek, o rival do Jeep Compass

Criado na China e modificado no Brasil e Argentina, novo SUV médio da Volkswagen não deverá se chamar Tarek, mas vai brigar com o Compass

Atiçando a curiosidade do público mais uma vez, a Volkswagen revelou um novo teaser do SUV médio fruto do projeto Tarek. Depois de mostrar a dianteira do modelo, a marca alemã agora mostra parte de sua lateral, revelando o formato caixote do novo modelo. A mira está apontada para o Jeep Compass, mas também pronto para o futuro embate com o Toyota Corolla Cross.

Chamado de Tharu na China, o Volkswagen Tarek (nome provisório que não deve ser usado no modelo final) terá 4,45 m de comprimento e 2,68 m de entre-eixos. São medidas que o colocam em um exato meio termo entre o T-Cross (4,19 m de comprimento e 2,65 m de entre-eixos) e o Tiguan Allspace (4,70 m de comprimento e 2,79 m de entre-eixos).

O visual lateral é praticamente o mesmo da variante chinesa. Ele aparenta robustez e tem linhas bastante quadradas. Nada de vidro traseiro muito inclinado ou soluções de design ousadas como o Nivus. Ele segue por uma fórmula de estilo mais tradicional que se provou certeira no Jeep Compass.

Volkswagen Tarek [divulgação]
Volkswagen Tarek [divulgação]
O modelo será construído sobre a plataforma modular MQB usada por praticamente todos os Volkswagen produzidos hoje acima do Polo. Ele terá motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque em todas as versões. Rumores apontam também para um Tarek R-Line ou GTS com motor 2.0 TSI de 220 cv e tração integral 4MOTION.

Com a chegada do SUV proveniente do projeto Tarek, a vida do T-Cross Highline e do Tiguan 250 TSI ficará difícil. O novo modelo terá preço encaixado entre eles para conseguir esquentar a briga com o Jeep Compass. É possível que o Tiguan perca a versão de cinco lugares, passando a ser vendido apenas na configuração de sete lugares.

Já o T-Cross terá vantagem nos equipamentos e dificilmente sairá de linha com a chegada do novo irmão. Afinal, a versão Highline só não vende mais que a variante PCD Sense. Além disso, o T-Cross não perdeu as versões de entrada com a chegada do Nivus, mostrando que ele sabe qual é seu lugar no mercado e como não se deixar afetar pelos novos irmãos.

>>Volkswagen Tarek, rival do Jeep Compass, tem primeira imagem revelada

>>VW T-Cross 2021 ganha itens do Nivus e câmbio manual continua

>>Comparativo: Nivus Highline e Tracker LT são tão iguais e tão diferentes

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar