Destaque Novidades

Cadillac deixará de seguir costume de Mercedes-Benz, BMW e Audi

Depois da Lincoln abandonar o costume de chamar seus carros por siglas ou números, Cadillac seguirá pelo mesmo caminho
Cadillac Escala Concept [divulgação]
Cadillac Escala Concept [divulgação]

Nem sempre algo que funciona para alguma marca, vai dar certo em outras. Prova disso é que depois que Mercedes-Benz, Audi e BMW estabeleceram um padrão de nomes para seus carros envolvendo letras e números, toda as outras marcas de luxo tentaram fazer o mesmo sem o mesmo sucesso. Após a Lincoln deixar esse costume de lado, chega a vez da Cadillac.

No início dos anos 2000 quando apresentou sua linguagem visual Art and Science, ela estabeleceu um novo padrão de nomes: todos os seus carros teriam nomes com três letras, podendo variar de acordo com a carroceria. Foi assim que surgiram os sedãs CTS, DTS e ATS, além do SUV XTS.

Mas havia também algumas inconsistências, como o esportivo XLR, o sedã médio BLS, o elétrico ELR e o SUV Escalade, o único com nome não em código. Isso se deve à grade força que o Escalade sempre teve no mercado norte-americano. A GM diz até que o nome do SUV é mais forte que da própria Cadillac.

Cadillac EV Concept
Cadillac EV Concept [divulgação]
Para facilitar as coisas, a Cadillac mudou a lógica de nomes recentemente, deixando todos os sedãs com a sigla CT seguida por um número que determinava seu tamanho (CT4, CT5, CT6), enquanto os SUVs seguiram com a sigla XT (XT4, XT5, XT6), menos o Escalade, novamente.

Ainda que tenha ficado mais organizada, a lógica de nomes da Cadillac não pegou no consumidor que não conseguiu assimilar com a mesma facilidade e relembrar dos carros tão fácil quanto o sistema de Séries da BMW, ou as Classes da Mercedes-Benz ou os A/Q da Audi.

Cadillac IQ

Para reverter o jogo, a Cadillac fará como a Lincoln, sua concorrente direta, fez há pouco tempo: voltar a usar nomes compostos. Apesar disso, a General Motors quer que haja ainda certa harmonia entre todos os batismos da marca de luxo, por isso decidiu que todos os modelos terão nomes terminados em iq.

O primeiro modelo será o SUV elétrico Cadillac Lyriq. Ele não somente inaugurará a nova nomenclatura, como será o primeiro modelo 100% movido a energia elétrica da marca de luxo da GM.

Cadillac Escalade
Cadillac Escalade [divulgação]
Além dele, a Cadillac também já confirmou o lançamento do Celestiq, que deverá ser um novo sedã grande, que pode também ser totalmente elétrico. Os nomes Optiq e Symboliq foram registrados pela marca norte-americana para serem usados no futuro

A única dúvida que resta é se os nomes serão usados somente para os modelos elétricos ou se toda a linha voltará a ter um batismo não composto apenas por números e letras. O próprio Cadillac Escalade está aí para provar a força que um nome de verdade tem para um carro.

>>Picape elétrica GMC Hummer terá 1.014 cv e porta-malas dianteiro

>>Cadillac Escalade muda bastante em nova geração

>>Mercedes-AMG GT 43 chega por R$ 575,9 mil

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar