Destaque Novidades

Chevrolet Montana sai de linha para dar lugar à rival da Fiat Toro

General Motors anunciou oficialmente que uma nova picape será feita no Brasil, enquanto sindicado revelou que a Chevrolet Montana morreu
Chevrolet Trailblazer [divulgação]
Chevrolet Trailblazer [divulgação]

Poucos dias depois de sair de linha na Argentina, a Chevrolet Montana teve o mesmo destino no Brasil. Contudo, a notícia é mais positiva do que negativa. A baixa da picape do Agile tem como objetivo abrir espaço para uma nova picape a ser produzida em São Caetano do Sul. Ela será rival da Fiat Toro e poderá manter o nome Montana.

A Chevrolet investirá R$ 10 bilhões para renovar seu portfólio de modelos nos próximos anos e isso incluirá a nova picape. “O modelo chegará para complementar a linha de picapes Chevrolet, além disso, vai estrear um conceito completamente inovador para a marca no segmento de veículos utilitários”, explica Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul.

Segundo a marca, o modelo será totalmente global e parte da família Onix, Onix Plus e Tracker. Ou seja, utilizará plataforma GEM como já era especulado. Além disso, o fato de ser global descarta totalmente a possibilidade de ser uma picape pequena com porte de Fiat Strada – afinal, esse segmento é vivo apenas no Brasil.

Chevrolet Tracker Premier 1.0 [divulgação]
Cheyenne, Montana, Tornado

Rumores já apontavam para a entrada da Chevrolet no segmento de picapes intermediárias inaugurado por Fiat Toro e Renault Oroch. Para tanto, o nome Cheyenne começou a ser especulado para a picape. Montana e Tornado (nome que a picape brasileira usava em outros mercados) também são especulados.

Lá fora ela brigará com Ford Maverick (que também será importada para o Brasil) e Hyundai Santa Cruz. A nova picape da GM exigirá mudanças na fábrica de São Caetano do Sul, que terá reformas previstas nas próximas semanas.

Chevrolet Montana (divulgação)

“Adicionar um produto totalmente novo numa linha de montagem ativa é sempre uma jornada complexa, principalmente diante dos desafios tecnológicos que o projeto impõe. Até por isso a preparação da fábrica será executada em diversos estágios, que levarão meses cada um deles”, calcula Luiz Carlos Peres, vice-presidente de Manufatura da GM América do Sul.

Fim da Montana

Com a adição da nova picape, a Chevrolet vai desligar os aparelhos da Montana. Há tempos ela vem vendendo mal e tendo sua produção reduzida. Contudo, a picape do Agile já foi descontinuada a fim de preparar o terreno para o novo modelo.

Chevrolet Montana (divulgação)

Segundo o Diário do Grande ABC, o fim da produção da Montana em abril já era esperado. Contudo, por conta das altas e baixas do mercado causadas pela pandemia, 400 trabalhadores serão dispensados pela marca norte-americana.  Atualmente São Caetano é responsável pela produção de Spin, Joy, Joy Plus e Tracker.

>>Chevrolet Montana morreu na Argentina. Brasil será o próximo?

>>Cheyenne pode ser o nome da Fiat Toro da Chevrolet, não Montana

>>Chevrolet Onix ainda é o mais vendido nas concessionárias em abril

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar