Curiosidades Destaque

Cinco carros legais vendidos na Rússia que deixam o Brasil com inveja

Rússia está mandando bem nas Olimpíadas, por isso resolvemos reunir cinco carros legais que eles têm e nós brasileiros não
Toyota Land Cruiser 2022 [divulgação]
Toyota Land Cruiser 2022 [divulgação]

Com boa performance em algumas modalidades das Olimpíadas Tóquio 2020, a Rússia despertou nossa atenção. Berço da Lada e de diversos modelos exóticos, o maior país do mundo tem também uma frota automotiva bastante interessante.

São carros que deixam o Comitê Olímpico Russo bastante orgulhoso, enquanto a seleção brasileira fica com um tequinho de inveja. Conheça agora cinco deles.

Renault Arkana

Usando a mesma base do Captur e do Duster, o Renault Arkana seria o SUV cupê da classe média se chegasse ao Brasil. Hoje para ter um modelo nessa categoria é preciso apelar para modelos premium ou partir para o Volkswagen Nivus, que tem porte bastante compacto. Na prática, o Arkana concorre é com o Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos.

Ele tem visual inspirado na linha europeia da Renault, com direito a faróis com LEDs em C e lanternas traseiras conectadas. É um SUV elegante e com pegada esportiva, que casaria muito bem com o motor 1.3 TCe quatro cilindros turbo de 170 cv e 27,5 kgfm de torque recentemente empregado no Captur. Custa entre 1.286.000 rublos (R$ 91.969) e 1.717.000 rublos (R$ 122.793).

Lada Niva

Quem vai sentir inveja da Rússia por ter um SUV de 1977 sendo vendido até hoje como 0km? Se considerar que esse modelo é um dos 4×4 mais parrudos do mundo e que custa menos que um Renault Kwid ou um Fiat Mobi, aí dá para sentir inveja. Por 632.900 rublos (R$ 45.267, o Lada Niva é o SUV mais barato da Rússia.

Ele não é exemplo de modernidade, obviamente. Usa o mesmo motor 1.7 a gasolina desde os tempos que não existia celular e a televisão colorida começou a ficar popular. A lista de equipamentos não vai muito além do kit sobrevivência (direção assistida, vidros elétricos, travas elétricas e ar-condicionado) e dos bancos dianteiros aquecidos.

Toyota Land Cruiser

Ainda que seja um carro proibido de ser revendido porque ameaça a segurança global, o Toyota Land Cruiser de nova geração já está disponível na Rússia. O parrudo SUV é uma espécie de Mitsubishi Pajero Full da Toyota, mas com fama de ainda mais robusto e inquebrável.

Custa a partir de 5.613.000 rublos (R$ 401.145), um preço um tanto quanto salgado. Mas o Land Cruiser entrega interior luxuoso, capacidade off-road inegável e espaço para até oito pessoas. Destaque para a gama de motores que conta até com um V6 diesel que pode ser usado futuramente na Hilux.

Volkswagen Teramont

Vendido nos EUA como Atlas, o Volkswagen Teramont é o maior SUV da marca alemã na Rússia e em diversos países. Ainda que custe menos que o Touareg, ele tem espaço para sete pessoas, visual parrudo e recentemente foi reestilizado. Tanto que por isso, ainda não teve seus preços anunciados.

O motor é o já conhecido 2.0 TSI com 230 cv, mas há também opção do V6 3.6 de 280 cv. Em ambos os casos, a transmissão é automática de oito marchas. Diferentemente do que acontece na China e nos EUA, o Teramont X / Altas Cross Sport, versão cupê de cinco lugares do SUV grande, não é oferecida na Rússia.

JAC J7

Prometido para o Brasil em motorização elétrica, o JAC J7 é mais interessante do que aparenta. O modelo é um sedã com pegada de cupê, que concorre no segmento de médios (Honda Civic, Toyota Corolla e CAOA Chery Arrizo 6), mas tem porte que belisca com o segmento dos grandes (Ford Fusion, Honda Accord e Toyota Camry).

JAC J7 / A5 [divulgação
JAC J7 / A5 [divulgação
É vendido lá em três versões, todas equipadas com motor 1.5 quatro cilindros turbo. As duas primeiras são manuais e a mais equipada é automática do tipo CVT. Custa entre 1.099.000 rublos (R$ 78.816) e 1.269.000 rublos (R$ 91.007). E como todo carro chinês, é bem equipado desde a versão mais barata.

>>Toyota proíbe revenda de SUV por 1 ano por “ameaça à segurança global”

>>Elétrico mais barato do Brasil: JAC E-JS1 tem sabor de VW | Impressões

>>Lada Niva Bronto é lançado, mas não confunda com o Ford Bronco Sport

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar